comunicacao.ricardo 10 de outubro de 2013 at 17:33h

Projeto de Trabalho Técnico Social promove segunda etapa de atividades com famílias do PNHR G2

Durante a tarde desta quinta-feira (10) foi realizada a segunda etapa das atividades do Projeto de Trabalho Técnico Social (PTTS), para capacitação das famílias integrantes do grupo G2 beneficiadas pelo Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR). A ação objetiva capacitar as famílias para ‘construir’ seus jardins. O prefeito Beto Lunitti destacou que essa ação quer promover a felicidade das pessoas. “A casa das famílias é um lugar especial, e com esta ação queremos criar ambientes harmônicos e que demonstrem o cuidado e o zelo embelezando o ambiente familiar”.

A ação foi realizada por meio da parceria entre Secretaria de Habitação e Urbanismo (SHU), Secretaria Municipal de Assistência Social e Proteção à Família (SMAS) através do Projeto Florir Toledo e o Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater). A atividade foi realizada em uma das casas participantes, na comunidade de Xaxim, através da montagem de um Jardim Modelo pelos adolescentes do Projeto Florir Toledo. As demais famílias beneficiadas pelo programa receberão kits de paisagismo da Prefeitura de Toledo para a realização da atividade em suas próprias casas. Em julho deste ano as 17 famílias integrantes do grupo G2 realizaram uma visita à sede do Projeto Florir Toledo e receberam orientações sobre as plantas e técnicas de paisagismo com os adolescentes e o coordenador do projeto, Oséias dos Santos.

Segundo a assistente social da SHU, Josieli Magnus, o objetivo é que todas as famílias do PNHR possam aplicar os conhecimentos em suas residências. “Queremos que eles possam tornar o ambiente da nova casa ainda mais agradável, além de que eles aprendam como cultivar as plantas com a técnica e prática”, comentou. Josieli lembrou que além das capacitações sobre paisagismo, foram realizadas oficinas de horta e pomar caseiro.

Com a casa pronta e jardinada, Alessandra Felipe Teodoro comentou que adorou a etapa sobre paisagismo. “Assim fica bem mais bonito e agradável. Dá outra visão quando chega na casa. Não vejo a hora de morar aqui.” A futura moradora da casa do PNHR ressaltou a importância do programa para os beneficiados. “Os pequenos agricultores que receberam a casa não tinham condições de adquirir uma moradia assim, e esse programa deu a oportunidade, e nos tornou mais felizes. É um sonho realizado.”, completou.

PNHR

O Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR), integrante do Programa Minha Casa, Minha Vida já desenvolveu em Toledo o Grupo G1 para famílias com renda anual de R$ 15 mil em 2007, com a construção de 55 residências. Atualmente está em execução 17 moradias pelo PNHR – Grupo G2 – que atende famílias rurais com renda entre R$ 15 mil e R$ 30 mil. Agora o município se prepara para realizar o PNHR – Grupo G3 – que para famílias rurais com renda entre R$ 30 mil e R$ 60 mil. Toledo será o primeiro município do estado a executar o Programa para essa categoria familiar.

Texto: Sindy Spohr