comunicacao.eliane 11 de outubro de 2012 at 16:41h

Schiavinato recebe prefeito e vice eleitos para futura gestão

“O processo de transição será absolutamente tranqüilo, para o bom andamento das ações públicas e o bem da democracia”, garantiu o prefeito de Toledo, José Carlos Schiavinato, que recebeu na quinta-feira, 11, em seu gabinete o prefeito eleito de Toledo, Luiz Alberto Pagnussat, o Beto Lunitti. Ele veio acompanhado do vice-prefeito eleito, Adelar Holzbach, o Pelanka, e do deputado estadual Elton Welter. Os três foram recebidos na porta de entrada da prefeitura de Toledo com um forte abraço pelo prefeito e pelo vice, Lúcio de Marchi, eleito vereador no último domingo.
“Foi muito elegante por parte de Beto Lunitti a sua vinda à prefeitura, para um primeiro contato oficial, depois da eleição, atendendo a meu convite. Discutimos as ações futuras e o processo de transição deverá ser absolutamente tranqüilo, sem qualquer dificuldade de relacionamento. Neste primeiro contato nos colocamos à disposição para auxiliar no que for necessário ao futuro governo. Estaremos à disposição para auxiliar no que for necessário ao futuro governo e também para assegurar uma transição tranqüila, para o bom andamento das ações públicas e o bem da democracia”, destacou Schiavinato.
Durante a reunião ficou acertado que será formada uma comissão de transição, com representantes da atual administração e da futura para o repasse de informações e dados sobre a administração municipal. A comissão, ressaltou o prefeito, terá acesso às informações da administração municipal, para ir se inteirando das ações desenvolvidas e implementação de novos projetos. O prefeito também se colocou à disposição para encaminhamento de editais e outras ações, para que não haja interrupção das atividades no futuro governo.
Beto Lunitti também considerou positivo o primeiro contato oficial, que se estendeu por quase duas horas, em uma reunião reservada. “Foi uma conversa bem positiva, o prefeito nos recebeu muito bem, conversamos sobre vários assuntos que dizem respeito à administração pública e o processo de transição”, disse ele, ressaltando a criação da comissão de transição, que irá trabalhar no andamento dos trabalhos para que não haja ruptura nos serviços desenvolvidos e ninguém sofra com a interrupção de atividades.
Para Lunitti, o prefeito de Toledo compreendeu os resultados das urnas e tanto ele como prefeito Schiavinato sabem das suas responsabilidades como gestor público até o dia 31 de dezembro. Ele acredita que no que depender dele e do prefeito Schiavinato todas as atividades deverão ser conduzidas a bom termo no processo sucessório.