comunicacao.fabio 18 de junho de 2018 at 10:52h

Secretaria de Educação lança programa de gerenciamento de Bibliotecas

Em tempos onde os livros impressos são cada vez mais deixados de lado, por conta do avanço da tecnologia digital a Secretaria Municipal de Educação (SMED) quer incentivar a leitura e facilitar o acesso e o empréstimo do acervo das escolas municipais. Para isso foi lançado na manhã desta quarta-feira, (13), no auditório Acary de Oliveira, anexo à prefeitura, o Programa de Gerenciamento das Bibliotecas Municipais de Toledo (OneBib).

 

O OneBib facilitará o empréstimo dos livros e dará às bibliotecas um controle sobre os empréstimos dos acervos das escolas e relatórios de livros e autores mais emprestados.

 

Observando essas demandas, a ideia surgiu após uma conversa da professora municipal Neusa Albarelo com seu filho Rafael Hickmann, que é estudante de Engenharia da Computação.  Na conversa Rafael mencionou que era possível desenvolver um programa que sanasse esses problemas.

 

Posteriormente a professora Neusa procurou a então secretária de Educação, Janice Salvador, que iniciou as conversas com a coordenação e professores do curso de Engenharia da Computação da (UTFPR), que ajudaram Rafael Hickmann no desenvolvimento do programa.

 

Para a secretária de Educação, Edna Sheaffer, o programa resolverá os problemas relacionados ao empréstimo dos livros do acervo das escolas municipais. “Ele tornará esse processo mais ágil, além de dar às bibliotecas relatórios com os livros e autores mais procurados. O programa também dará acesso ao acervo das bibliotecas de outras escolas, resolvendo assim os principais problemas de nossas unidades”.

 

O OneBib foi desenvolvido em aproximadamente sete meses. Durante esse período foram “garimpados” todos os dados sobre os acervos e quantidades de livros das escolas municipais. Esse tempo também serviu para que toda a parte funcional do programa fosse projetada.

 

O desenvolvedor do OneBib, Rafael Hickmann, acredita que o programa atenderá as necessidades das bibliotecas. “Tudo foi muito bem conversado para que o programa atenda ao que a Secretaria de Educação precisa. Nós conversamos muito nas bibliotecas para entender as demandas e os principais problemas no gerenciamento dos empréstimos e do acervo e buscamos uma forma de saná-las, com o OneBib”, destacou Rafael, que é estagiário da Secretaria de Educação.

 

Rafael também frisou que o programa é o mais funcional possível. “A gente pensou em fazer um programa simples e funcional tanto para quem trabalha nas bibliotecas, quanto para os alunos. Os professores e bibliotecários irão conseguir cadastrar os novos livros e fazer qualquer trabalho no sistema em poucos minutos. Os alunos também poderão fazer consultas e realizar os empréstimos de forma muito mais ágil do que realizam atualmente”.

 

O programa estará disponível nas bibliotecas das 36 escolas municipais de Toledo e também em alguns dos Centros Municipais de Educação Infantil (CMEI). Por conta das maiores demandas, as bibliotecas públicas do município não utilizarão o OneBib. O curso de Engenharia da Computação da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), foi o principal apoiador para o desenvolvimento do OneBib.