comunicacao.fabio 22 de Abril de 2022 at 18:46h

Autoridades paraguaias fazem visita para conhecer boas práticas de Toledo

Toledo recebeu nesta sexta-feira (22) comitiva formada por lideranças políticas e acadêmicas do Paraguai, que vieram com o objetivo de conhecer as boas práticas em políticas públicas implementadas pelo município nos últimos anos. O roteiro começou pelo Paço Municipal Alcides Donin, onde foram recebidos pelo prefeito Lunitti e pelo vice-prefeito Ademar Dorfschmidt, que explanaram sobre estruturas e projetos que se destacam nos cenários nacional e internacional nas áreas de infraestrutura rural, tecnologia, desenvolvimento econômico, saúde, assistência social, esporte, habitação, transporte público e educação.

 

Representando a administração municipal, secretários e servidores estiveram presentes ao encontro, do qual também participaram membros do corpo docente do câmpus Toledo da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste) e do câmpus de Salto del Guairá da Universidade Nacional de Canindeyú (Unican). Depois do encontro, realizado na Sala de Reuniões do Gabinete do Prefeito, a comitiva foi conhecer as instalações da Unidade Central de Produção de Alimentos (Cozinha Social), do Restaurante Popular do Jardim Gisela (onde as autoridades almoçaram), do Ambulatório Materno Infantil (AMI), do Centro de Esportes e Artes Unificado (CEU das Artes) e do Centro Olímpico Arnoldo Bohnen. 

 

Desde 2019 Unioeste e Unican mantêm convênio de cooperação técnica que agora se desdobra em ações que impactarão na qualidade de vida da população de Nueva Esperanza e Puerto Adela, dois distritos de pequeno porte (12.795 e 6.783 habitantes, respectivamente) do departamento de Canindeyú que foram criados recentemente (20/05/1999 e 21/06/2018) - ambas fazem, por intermédio do Rio Paraná, divisa com o nosso país. “São municipalidades [prefeituras] que ainda estão se estruturando e que vieram conhecer o que Toledo está fazendo. O que é feito por aqui ganhou tanta notoriedade, que atravessou as fronteiras e repercute no Paraguai, onde há muitos brasileiros que são do Oeste do Paraná”, destaca o diretor da Facultad de Ciencias Jurídicas y Sociales da Unican, Francisco Delgado Martinez. “Trata-se de um projeto de longo prazo no qual será oferecida uma assessoria a estes distritos e vemos que é perfeitamente possível replicarmos lá as boas experiências de Toledo. Esta região do Paraguai é, do ponto de vista étnico, geográfico, social e econômico, muito semelhante com a nossa, o que muda um pouco é o idioma que se fala e a existência do Rio Paraná entre nós. Mas há mais motivos que nos integram do que aqueles que nos separam”, avalia o líder do Grupo de Pesquisa em Agronegócio e Desenvolvimento Regional (Gepec) da Unioeste, Ricardo Rippel.

 

Nueva Esperanza foi representada pelo intendente (equivalente a prefeito no ordenamento político do Paraguai) Sergio Godoy Ayala e pela secretária da junta municipal (órgão equivalente à Câmara de Vereadores) Margarita Mareco Pérez. Puerto Adela, por sua vez, marcou presença por intermédio do intendente Agapito Simón; do responsável pela Unidade Operativa de Contratações da municipalidade, Edgar Gabriel Gamarra; e do presidente do Legislativo local, Teoclecio Aluizio Egwart, brasileiro nascido em Marechal Cândido Rondon. “Agradecemos o convite e o ponto mais importante desta visita é ter as informações necessários para implementarmos políticas de estado, que ficam independentemente do gestor que vier a ocupar o cargo que exerço. Trabalhamos no sentido de construir consensos e o exemplo de Toledo tem muito a nos ensinar”, comenta Ayala. “A exemplo do que ocorreu em Toledo décadas atrás, estamos na iminência de receber um grande frigorífico de suínos e a forma como vocês enfrentaram os desafios que foram aparecendo nos ajudará a tirar o maior proveito possível deste investimento que estamos recebendo. Dessa forma, ficamos honrados com a oportunidade de conhecer esta cidade e queremos que este gesto intensifique a integração dos povos brasileiro e paraguaio”, relata Simón.

 

Ao final do encontro, as autoridades paraguaias receberam um kit com exemplar da revista Toledo em Fotos, bem como um broche e uma cuia para chimarrão (ou tererê) com a marca das festividades dos 70 anos do município. “A parceria que se vislumbra é de mão duplas, pois temos muito a aprender com vocês também. Em relação aos projetos que executamos, nos colocamos à inteira disposição para ajudá-los a implantar em seus municípios”, garante Beto. “O que é bom merece ser copiado e não nos importamos que as nossas boas práticas sejam replicadas em Nueva Esperanza e em Puerto Adela. Lá moram muitos brasileiros e nos dará muita satisfação saber que eles e todos os demais cidadãos possam ter níveis de qualidade de vida semelhantes aos nossos”, salienta Ademar.