comunicacao.fabio 25 de Mai de 2022 at 16:50h

Dirigentes do EC Toledo são recepcionados na Prefeitura de Toledo

Dirigentes e conselheiros do Esporte Clube Toledo foram recebidos na tarde desta terça-feira (24), na sala de reuniões do Gabinete, pelo prefeito Beto Lunitti e demais representantes do poder público municipal, entre eles o presidente do Legislativo Municipal, Leoclides Bisognin. Na pauta estavam as tratativas em relação aos projetos do novo clube de futebol. 

 

O presidente do clube, Jair Benke, expôs alguns dos objetivos do clube, tanto no futebol profissional masculino e feminino, quanto na formação de atletas, e pontuou ao chefe do Executivo Municipal as inúmeras parcerias em desenvolvimento. Benke reiterou as tratativas em curso com a Secretaria de Esporte e Lazer para a cessão do Estádio Municipal 14 de Dezembro e das estruturas que servirão de polos de formação de base e rendimento do futebol masculino e feminino. “O Esporte Clube Toledo não tem dono, ele é da comunidade. Nossa missão é resgatar a tradição do nosso futebol, somando parcerias e aplicando os melhores padrões de profissionalismo”, assegurou Jair Benke.

 

Já o coordenador técnico Agenor Piccinin frisou que Toledo e região são um celeiro de atletas. Ele citou alguns nomes, como o do ex-goleiro Volmir Eckstein, e de outros tantos que se destacaram na carreira profissional, entre eles Eduardo Dallagnol, que encerrou recentemente a carreira após atuar em vários clubes, entre eles Vasco da Gama, São Caetano, Fortaleza e Toledo, e estava presente no encontro junto com o pai, o desportista e ex-vereador Eudes José Dallagnol. Segundo Agenor, “Toledo tem excelente ambiente para o desenvolvimento do futebol, faltando apenas ajustes de estruturas e projetos bem solidificados para que os resultados surjam”.

 

Por sua vez, o prefeito Beto Lunitti falou sobre as metas de seu governo, fortemente ligadas à educação, para salientar que os projetos do Esporte Clube Toledo vêm de encontro aos propósitos de inclusão das crianças, promovendo o encantamento com apoio das tecnologias e investimento na formação dos professores. Para o chefe do Executivo, “é um projeto interessante que nasce do resgate da tradição do futebol toledano. Tem o apoio da prefeitura, especialmente na formação de base, com polos espalhados pelo município. Dentro da política de esporte do município, a gente vai evoluindo nas tratativas para que tudo isso se concretize”. 

 

Lunitti reiterou os propósitos de formação da juventude nas 72 modalidades englobadas na política municipal de esportes, salientando em especial a importância do esporte que é a paixão nacional, que é o futebol.

 

Futsal e futebol feminino - Agenor Piccinin citou como exemplo bem sucedido a Afeto, associação dedicada ao futsal e futebol feminino, que há mais de 20 anos trabalha com a formação de atletas e agora está inserida no contexto do Esporte Clube Toledo. Um dos idealizadores da Afeto, o professor Eudes Luiz Dallagnol, participou do encontro.

 

Presidente da Câmara apoia - Lembrando o tempo em que exerceu o cargo de tesoureiro do futebol profissional nos anos de 1990, o vereador Leoclides Bisognin deu uma declaração impactante, referendando o trabalho de estruturação do novo clube: “Conheço os integrantes dos conselhos do Esporte Clube Toledo. Todos são confiáveis e eu assino embaixo dessa gente”, disse, salientando ainda a credibilidade do coordenador técnico Agenor Piccinin.

 

Um clube com história - Constituído originalmente em 1983 como Associação Atlética União, em 1987 assumindo a denominação de Toledo Esporte Clube, com a qual passou a representar a região nas competições profissionais da Federação Paranaense de Futebol, o Esporte Clube Toledo projeta as disputas profissionais no futebol masculino e feminino a partir de 2023. De imediato, o clube trabalha um bem elaborado projeto de formação e integração social que trabalhará inicialmente em vários polos em Toledo, expandido na sequência para a região.

 

Participantes da reunião - Participaram, entre outros, o presidente do clube, Jair Benke; o presidente do Conselho Deliberativo, Wilson dos Santos; o coordenador Técnico, Agenor Piccinin; o vereador Leoclides Bisognin, presidente da Câmara Municipal e conselheiro do novo clube; o secretário de Planejamento Neuroci Frizzo; e o chefe de Gabinete Márcio “Peninha” Borges.

 

Com informações da assessoria do EC Toledo/Fotos: Carlos Rodrigues