comunicacao.ricardo 24 de julho de 2014 at 17:31h

Inscrições para a 25ª edição do Concurso Paulo Leminski são prorrogadas

A 25ª edição do Concurso de Contos Paulo Leminski, promovido pela Prefeitura de Toledo em parceria com a Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Campus de Toledo, teve suas inscrições prorrogadas até o dia 21 de agosto. Inicialmente o prazo era até o próximo 31 de julho. A comissão organizadora vai aproveitar esse período para intensificar a divulgação no município de Toledo, principalmente para os acadêmicos das universidades.  As inscrições são gratuitas e o conto deve ser original e inédito.

“Uma das questões é porque temos poucos toledanos inscritos, recebemos muitas inscrições de outros estados e inclusive do exterior, mas não priorizamos a divulgação em Toledo. Com o término das férias acadêmicas, agora vamos intensificar a divulgação nas faculdades com a entrega do folder do concurso aos universitários”, explicou bibliotecária da Biblioteca Pública de Toledo e membro da Comissão Organizadora, Ângela Cristina Bucalão Comn.

Ângela explicou que este ano os prazos estão mais curtos, pois a Biblioteca Pública Municipal comemora seu quadragésimo aniversário em quatro de setembro e a premiação do concurso que normalmente acontecia no mês de novembro foi antecipada para 26 de setembro atendendo parte das comemorações. Na ocasião também será lançada a quinta Coletânea de Contos dos concursos envolvendo obras dos ganhadores do 20º ao 24º Concurso de Contos Paulo Leminski. Este ano completa 25 anos da morte do escritor.

A Biblioteca Pública já recebeu cerca de 300 inscrições, destas apenas seis são de moradores de Toledo. Em 2013 foram computados 17 contos do município “lembrando que a melhor colocação toledana receberá um prêmio de R$1.000,00 caso não esteja entre as três primeiras colocações”, frisou Ângela. A repercussão do prêmio é internacional e para a vigésima quinta edição já foram recebidos contos da Suíça, Uruguai, Japão e Portugal.

Segundo a bibliotecária, até agora, a maioria das inscrições são obras do Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais, mas já foram recebidos contos da maioria dos estados brasileiros, de 17 ao todo. O Concurso é considerado um dos mais importantes do Brasil no gênero conto literário, segundo apontam os principais sites do gênero no país.

“Vários escritores de todo o Brasil nos ligam para saber se vai haver próxima edição, e quando abrem inscrições. O nosso é um dos concursos mais antigos e a parceria com a Unioeste proporciona uma banca muito qualificada para realizar a escolha das obras, com professores renomados. O fato da banca não ter acesso ao nome dos participantes torna a lisura do processo mais transparente e isso é reconhecido pela comunidade literária” ressaltou Cleonisse Feliciano Pizzatto, membro da comissão organizadora. “Para nós é muito gratificante ver que a cada ano o concurso fica cada vez melhor”, diz ela.

Colocação

Os três primeiros colocados e também o melhor conto toledano – não estando este entre os três primeiros – recebem um prêmio em dinheiro e um certificado que atesta a respectiva premiação. Além desses, os contos indicados para menções honrosas também recebem um certificado que atesta essa indicação. Para a leitura de todas as obras inscritas, análise e discussão, uma banca é escolhida pelas instituições organizadoras e coordenadores do concurso, cabendo à Comissão Julgadora reunir-se para a leitura, análise e discussão, tomada de decisão e registro em ata e entrega do resultado à Coordenação do Evento.

Para a inscrição as obras devem ser entregues, sob protocolo, ou enviadas pelos Correios, como carta registrada, endereçada à Biblioteca Pública Municipal de Toledo, na AvenidaTiradentes, 1165, CEP 85900-230, Toledo, Paraná, ou à Unioeste, Rua da Faculdade, 645, CEP 85903-000, Caixa Postal, 320, Toledo, Paraná.

Premiação

Primeiro Lugar – R$ 2.500,00

Segundo Lugar: R$ 1.800,00

Terceiro Lugar: R$ 1.500,00

Melhor Conto Toledano: R$ 1.000,00

Resultado da 24ª edição (2013)

1º Lugar: “A estranha”, de Robson Rosário Curvêlo, de Praia Grande (SP).

2º Lugar: “Lalena, os sapatos e os ovos”, de José Humberto da Henriques, de Uberaba (MG).

3º Lugar: “O atirador de facas”, de Carlos Bruni Fernandes, de São Paulo (SP);

Melhor Conto Toledano: “Aquele sorriso”, de Valdinei José Arboleya.

Menções Honrosas da 24ª edição

Amarildo de Souza (Divinópolis–MG) – Conto “A mulher que fabricava anjos”.

Bethânia Pires Amaro (Salvador – BA) – Conto: “Leões e gazelas”.

Celso Cláudio Carneiro (Goiânia – GO) – Conto: “Ânfora, Âncora e Minâncora”.

Edileuza Bezerra de Lima Longo (São Paulo – SP) – Conto: “Com as mãos vazias”.

Euler Lopes Teles (Barra dos Coqueiros – SE) – Conto: “Cauê”.

Márcia Maria Carini (São Paulo–SP) – Conto: “O barbeiro”.