jose.seide 18 de Abril de 2022 at 13:43h

Instrutores do Proerd convidam governo municipal para formatura da 38ª turma

Os instrutores Marcante, Marques e Salete estiveram na tarde desta quinta-feira (14) na Sala de Reuniões do Gabinete do Prefeito para convidar o gestor para a formatura da 38ª turma de Toledo do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd). O evento será no próximo dia 3 (terça-feira), às 8h30 e às 14h30, no Teatro Municipal, e certificará mais de 1.000 estudantes do 5º ano do Ensino Fundamental das redes municipal e particular de ensino.

 

O secretário de Segurança e Trânsito, Arthur Rodrigues de Almeida, e o vereador Cabo Dias também participaram do ato, que também se destinou a celebrar a renovação até 2027 do convênio entre Proerd e governo municipal, vigente há 20 anos. “É uma parceria sólida, que tem gerado muitos bons frutos para Toledo. Tanto que, em 2016, adquirimos um veículo e o colocamos à disposição dos instrutores do programa, que podem se deslocar entre as escolas sem precisarem tirar uma viatura da PM das ruas. Investir na formação das crianças a fim de que se tornem adultos melhores tem valido cada centavo que foi  investido”, avalia o prefeito Beto Lunitti.

 

Policiais militares, os instrutores destacam a importância do Proerd para o combate à violência. “Pesquisas apontam que a média do início do consumo de álcool e outras drogas se dá aos 12 anos. Portanto, é fundamental conversar com este público de 9 ou 10 anos sobre os riscos envolvidos no consumo destas substâncias”, destaca Marcante. “A sociedade espera uma PM que atue de forma repressiva, combatendo o crime. Este nosso trabalho objetiva ‘cortar o mal pela raiz’, isto é, incentivar as crianças a não consumirem drogas e também a não se envolver com a criminalidade. Prevenir é sempre melhor que remediar”, salienta Marques. “As crianças são muito receptivas à mensagem que transmitimos, percebo muito entusiasmo delas nas atividades que ministramos. Vejo que estamos fazendo a diferença na vida destes alunos”, observa Salete.