suzi.lira 18 de setembro de 2018 at 11:29h

Prefeitura encaminha proposta do Vale Alimentação para o SerToledo

O prefeito Lucio de Marchi reforçou o compromisso da valorização dos servidores municipais e apresentou uma proposta para o pagamento do Vale Alimentação a partir de 2019.  A Administração municipal propõe ao Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Toledo (SerToledo) o repasse de R$ 320,00 durante 10 meses no ano que vem.

 

“Nossa proposta é atender os servidores, mas dentro da possibilidade financeira do município. Essa conta é paga por toda população. Temos que ter responsabilidade com as contas públicas”, declara o Prefeito.

 

Ele reforça que nessa proposta não há nenhuma mudança ou limitador de salário como foi divulgado erroneamente nas redes sociais pelo SerToledo. “O decreto é semelhante ao de 2017 sem novas restrições, com o repasse de um mês a mais e R$15,00 mensais de aumento. Esse é o novo compromisso, dentro da realidade que pode ser assumida neste momento. A gestão tem o interesse de um valor maior para o Vale Alimentação, mas não pode ser irresponsável em oferecer algo que não poderá cumprir.”, afirma o Secretário de Recursos Humanos Márcio München.

 

O Secretário explica que o auxílio alimentação é um item que não impacta no limite prudencial, no entanto, é uma conta que precisa ser fechada conforme o orçamento de toda Prefeitura. O Vale Alimentação atende, em média, três mil servidores municipais e representa um investimento em torno de R$ 900 mil mensais.

 

Em 2017, dentro das medidas de austeridade da gestão foram repassados durante sete meses o valor R$ 300,00 para cada servidor, totalizando um investimento de R$2.100,00. Em 2018, já houve um acréscimo e reajuste elevando o valor para R$305,00 e para um período de nove meses, totalizando R$2.745,00. Ou seja, um acréscimo de mais de 30% em comparação ao ano anterior.

 

Para 2019, a proposta é ampliar o benefício para R$320 mensais e passar de nove para dez meses o período de recebimento. O valor então totalizará R$3.200,00 para cada servidor, representando um novo acréscimo na ordem de 16,5% em relação a 2018.

 

O chefe do executivo destaca que tem feito todas ações para otimizar os recursos públicos como a redução no número de cargos comissionados de quando assumiu a gestão e a extinção de diversas funções gratificadas.  

 

“O objetivo da nossa administração é sempre valorizar o servidor. Tudo que for possível dentro da legalidade”, afirma o Prefeito Lucio de Marchi.