jose.seide 31 de julho de 2020 at 13:47h

Último dia: entrega de kits de alimentos em escolas municipais termina hoje

A rede municipal de ensino de Toledo encerra hoje (31) a distribuição de kits de alimentos em 36 escolas. A ação, iniciada semana passada em 28 centros de educação infantil (Cmeis), beneficia 14.262 estudantes cujos pais ou responsáveis devem se dirigir (apenas um membro por família) à instituição onde o filho está matriculado usando máscara e levando documento com foto  - a higienização das mãos no momento da retirada e das embalagens quando os alimentos forem guardados é fundamental. 

 

Na próxima semana, haverá uma nova fase deste trabalho, com entrega de kits nos Cmeis que seguirá cronograma a ser definido por cada estabelecimento. “Na semana passada entregamos 60% destes alimentos e os 40% restantes serão distribuídos a partir desta segunda-feira [3/8] e todos os pais, após serem avisados pela direção, devem voltar a estas instituições porque este lote contará com itens da agricultura familiar”, explica a secretária de Educação, Edna Heloisa Schaeffer Amaral. “Nas escolas não haverá esta complementação. Porém, os pais de alunos das escolas que ainda não retiraram também devem ficar atentos aos comunicados da instituição sobre como retirar estes kits”, acrescenta.

Em caso de dúvidas, os pais e responsáveis podem esclarecê-las com a equipe diretiva de cada escola. Pais e responsáveis que não quiserem receber o kit, também devem se dirigir ao estabelecimento de ensino em que  seus filhos estudam, para assinar um Termo de Recusa.

 

A secretária de Educação avalia positivamente os resultados desta ação. “Até o momento, a resposta da comunidade tem sido muito boa. Os diretores me relataram que a adesão dos pais e responsáveis tem sido grande, com um alto grau de satisfação da parte deles, pois estes alimentos são muito importantes num momento em que não há aulas presenciais e de sérias dificuldades econômicas nas famílias”, analisa Edna. 

 

Como funciona

Por contar com itens que integram a merenda escolar, a distribuição contou com a anuência do Conselho de Alimentação Escolar (CAE) do Município de Toledo/PR, e tem o objetivo de amenizar o déficit nutricional dos alunos, sobretudo daqueles que se encontram em situação de vulnerabilidade social, a qual se agravou desde que as aulas foram suspensas em 20 de março, em razão da pandemia causada pelo Coronavírus  - Covid-19.

 

Todo este processo segue os critérios estabelecidos pela Resolução nº 2, de 09 de abril de 2020, do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), amparada pela Lei Federal 13.987/2020, e detalhada em cartilha elaborada pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). O documento aborda como devem ser executados os recursos advindos do Plano Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), fonte de custeio dos alimentos que fazem parte dos kits que foram montados, os quais contarão com produtos perecíveis e não perecíveis adquiridos por processo licitatório e pela Chamada Pública da Agricultura Familiar vigente.