jose.seide 11 de Julho de 2022 at 16:02h

Vacina Mais: Toledo estende atendimento de Sala de Vacinação em 5 UBS

Com o objetivo de ampliar o alcance dos imunizantes oferecidos gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS) à população em geral, Toledo vai estender, a partir desta terça-feira (12), o horário de atendimento das Salas de Vacinação de cinco unidades básicas de saúde (UBS) para até as 21h. Essa mobilização, em nível estadual, deve-se à adesão do Paraná ao movimento nacional “Vacina Mais”, lançado em Brasília no fim de junho.

 

As medidas que os municípios devem adotar em relação ao assunto constam na Deliberação nº 186/2022, do Conselho Intergestores Bipartite do Paraná (CIB-PR), que é formado pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) e pelo Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Paraná (Cosems/PR). Toledo seguirá, até dia 29 de julho, o estabelecido neste documento por meio de um rodízio: às segundas, estará aberta até mais tarde a Sala de Vacinação da UBS do Maracanã (que está funcionando provisoriamente no Centro de Fisioterapia, Reabilitação e Terapias Complementares Dr. Claudemir Rodrigues Dias); às terças, a da unidade do Centro; às quartas, a do Panorama; às quintas, a do Coopagro; e às sextas, a do Europa. 

“Do horário de fechamento habitual destas unidades até as 21h, somente a Sala de Vacinação estará funcionando. Os demais serviços poderão ser acessados somente no dia útil seguinte”, sublinha a diretora de Vigilância em Saúde, Juliana Beux Konno

 

O ponto alto desse trabalho está marcado para o dia 23 (sábado), quando todos os municípios do Paraná abrirão suas unidades de saúde para a aplicação de vacinas a quem estiver com doses em atraso na carteirinha. Somente as doses pediátricas da vacina contra Covid-19 para crianças de 5 anos (Pfizer) não estarão disponíveis. “Em nível municipal, estamos definindo como e quais serão as ações para esta data, o que inclui a escolha das UBS que a receberão. O foco é oportunizar vacinação ao maior número possível de pessoas”, destaca Juliana.

 

Willy Barth

Também no intuito de ampliar a cobertura da vacina contra a Influenza, equipes dos departamentos de Vigilância em Saúde e de Atenção Primária, da Secretaria Municipal de Saúde, trabalharam no último sábado (9) na Praça Willy Barth. Das 9h às 16h, 470 doses foram aplicadas enquanto a Feira de Arte e Artesanato era realizada no local.

 

Pessoas com seis meses de vida ou mais e que portavam documentos pessoais puderam voltar para casa protegidas contra os tipos de gripe mais comuns em nosso país, especialmente as causadas pelos vírus Influenza A (H1N1 e H3N2), B e sazonal. “Esse imunizante é primordial para os problemas respiratórios mais frequentes nesta época do ano, impedindo quadros que exigem hospitalização e que podem levar, inclusive, a óbito”, pontua a diretora.