Ação pioneira: Toledo encaminha Projeto de Lei para associar-se ao POD

Publicado: Sex, 28/04/2023 16:14 | Modificado: Ter, 02/05/2023 15:50
  • De forma pioneira, Toledo encaminha Projeto de Lei para associar-se ao POD
    De forma pioneira, Toledo encaminha Projeto de Lei para associar-se ao POD

 

A administração municipal se destaca pelo pioneirismo em diversas ações. Uma delas, por exemplo, Toledo foi a primeira Prefeitura no Brasil a aportar recursos na Sociedade Garantidora de Crédito (Garantioeste), com o objetivo de fomentar o empreendedorismo. Agora, o município, de forma inédita, encaminhou um projeto de lei (PL Nº 62/2023), visando associar-se ao Programa Oeste em Desenvolvimento (POD), entidade criada em 2014 e que reúne aproximadamente 60 instituições públicas e privadas com o intuito de promover ações em benefício do Oeste do Paraná.

O POD tem como objetivo principal a promoção do desenvolvimento econômico e sustentável e de inovação e tecnologia como fatores de competitividade. “Isso acontece por meio de estudos, pesquisas, desenvolvimento de tecnologias alternativas, produção e divulgação de informações e conhecimentos técnicos e científicos voltados ao desenvolvimento comunitário”, disse o secretário do Agronegócio, Inovação, Turismo de Desenvolvimento Econômico, Diego Bonaldo.  

A Região Oeste é composta por 55 municípios que fazem parte das ações do Programa, que envolve entidades privadas como empresas, cooperativas, instituições de apoio e fomento, sindicatos e associações de classe, universidades, centros de pesquisa e tecnologia que atuam no território. Uma das características mais presentes no POD é transformar os municípios em uma região forte, estratégica e com imenso potencial de crescimento. “Entendemos que Toledo pode contribuir e se beneficiar desse pioneirismo ao nos associarmos ao Programa”, completa.

Para o prefeito Beto Lunitti, a participação se justifica, pois Toledo é reconhecido no cenário regional como um dos melhores locais para se viver, com infraestrutura de qualidade, com programas de educação, saúde e emprego de destaque nacional. “Dessa forma, a associação ao Programa possibilitará a atuação conjunta de Toledo com outros municípios, entidades, universidades, cooperativas, entre outras instituições, para que se possa alcançar o desenvolvimento econômico e social integrado do oeste paranaense”, frisa Beto.

Outro ponto destacado por Lunitti é que a associação ao POD permitirá a Toledo a participação em câmaras técnicas em diversas áreas, como Ambiente dos Pequenos Negócios, Educação, Energias e Sustentabilidade, Infraestrutura e Logística, Máquinas e Equipamentos do Agronegócio, Inovação e Conectividade e Empregabilidade. “Estarmos ligados ao POD é importante, já que não estamos em uma ilha de desenvolvimento. Toledo tem uma realidade diferenciada, com excelentes programas, porém temos que contribuir para que toda a região acompanhe esse crescimento”, concluiu o prefeito toledano.

O PL Nº 62/2023 apresenta também toda a projeção orçamentária para a associação e coloca os servidores municipais da Secretaria do Agronegócio, Inovação, Turismo e Desenvolvimento Econômico para mais esclarecimentos.