Prefeitura recebe Plano de Inovação voltado à produção de alimentos

Publicado: Sex, 21/10/2022 16:51 | Modificado: Qui, 27/10/2022 10:35
  • Prefeitura recebe Plano de Inovação voltado à produção de alimentos
    Prefeitura recebe Plano de Inovação voltado à produção de alimentos
  • Prefeitura recebe Plano de Inovação voltado à produção de alimentos
    Prefeitura recebe Plano de Inovação voltado à produção de alimentos
  • Prefeitura recebe Plano de Inovação voltado à produção de alimentos
    Prefeitura recebe Plano de Inovação voltado à produção de alimentos
  • Prefeitura recebe Plano de Inovação voltado à produção de alimentos
    Prefeitura recebe Plano de Inovação voltado à produção de alimentos
  • Prefeitura recebe Plano de Inovação voltado à produção de alimentos
    Prefeitura recebe Plano de Inovação voltado à produção de alimentos
  • Prefeitura recebe Plano de Inovação voltado à produção de alimentos
    Prefeitura recebe Plano de Inovação voltado à produção de alimentos
  • Prefeitura recebe Plano de Inovação voltado à produção de alimentos
    Prefeitura recebe Plano de Inovação voltado à produção de alimentos
  • Prefeitura recebe Plano de Inovação voltado à produção de alimentos
    Prefeitura recebe Plano de Inovação voltado à produção de alimentos

 

Em evento realizado nesta sexta-feira (21) no Habitat Senai Agro, na Vila Industrial, foi apresentado o Plano de Inovação Food Tech Toledo. O documento, entregue para o prefeito Beto Lunitti durante o ato, tem o objetivo de dinamizar o ecossistema de inovação do setor de alimentos no município e foi elaborado de forma colaborativa pela Governança Food Tech Toledo, composta por dezenove instituições parceiras, que também será responsável por articular as ações programadas.

No município, conforme o secretário do Agronegócio, Inovação, Turismo e Desenvolvimento Econômico, Diego Bonaldo, os diversos encontros promovidos a partir do Inovameat, quando foi lançada a ideia, serviram para apontar direcionamentos. “Esse estudo traz para nós as indicações de pesquisas, de inovações e promoção de nossas potencialidades para os setores de produção de alimentos, do agronegócio e dos fármacos, que são nossa base econômica”. 

Bonaldo acrescenta que isso fortalecerá setores, promovendo emprego e renda, gerando mais receitas para a administração municipal. O Plano foi construído de forma colaborativa pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae/PR), Prefeitura de Toledo e as diversas entidades parceiras e participantes do Ecossistema de Inovação Toledano. “Ele traz a aplicação de metodologias e ferramentas direcionadas a estruturação de habitats, programas, ações, políticas públicas, priorizando ambientes de inovação”, explica. 

O enfoque do material, conforme o gerente da Regional Oeste do Sebrae, Augusto Cesar Stein, são as tecnologias para ampliar a produção de alimentos (food tech). “Toledo lidera este quesito. A intenção não é olhar somente para o município, mas é aqui o epicentro da produção de alimentos. Isso já é matéria conhecida. O que se propõe com esta vertical é que o nível de especialização produtiva aumente. Por isso estão aqui as pequenas e grandes empresas que produzem alimentos. Vocês já são referência no Brasil”, salienta. 

Após receber o Plano de Inovação Food Tech Toledo, o prefeito Beto Lunitti agradeceu aos parceiros no desenvolvimento do documento e destacou a importância do momento, qualificado pelo gestor municipal como histórico. “É preciso vencer os grandes desafios que os novos tempos nos colocam. Agradeço a todas direções envolvidas. Nós da administração municipal temos a obrigação de promover as conexões necessárias para promover ambientes melhores para o crescimento econômico”. 

Lunitti ainda lembrou que cada gestor tem um olhar para a gestão pública, mas é preciso destacar que um dos objetivos desta administração é oferecer ambientes favoráveis. “Estamos fazendo isso a partir de uma boa conexão com as instituições e também com a Câmara de Vereadores. Vamos nos apropriar de tudo aquilo que cada organismo, cito como exemplo a Iguassu Valley e o Programa Oeste em Desenvolvimento (POD), pode oferecer. Juntando tudo isso, os resultados serão muito melhores, pois é no ambiente favorável e na convergência que as coisas prosperam, não somente em Toledo, mas toda a região e o Paraná”, afirmou.

Em Toledo, conforme o prefeito, tudo tem sido pensado de forma inovadora e isso se aplica também nas escolas da rede municipal, todas dotadas todas de tecnologias, como tablets para as crianças, notebooks para professores e professoras, laboratórios de robótica e informática com impressoras 3D e smart TVs em todas as salas de aula. “Tudo isso rodando com internet de alta qualidade para gerar o encantamento e o desejo de conhecimento nos nossos alunos”, comentou. 

A Food Tech Toledo é composta pela Associação Comercial e Empresarial de Toledo (ACIT), Allcrim, Assuinoeste, Biogenesis, Biopark, Fábula Cervejas Especiais, FAG Toledo, Funtec, IDR-PR, Luputecnia, Mead Garden, Prefeitura de Toledo, Pimentas Rener, PUCPR, Sebrae, Unioeste e UTFPR.