Queijarias toledanas passam a integrar a Rota do Queijo Paranaense

Publicado: Sex, 18/08/2023 16:47 | Modificado: Seg, 21/08/2023 17:43
  • Queijarias toledanas passam a integrar a Rota do Queijo Paranaense
    Queijarias toledanas passam a integrar a Rota do Queijo Paranaense
  • Queijarias toledanas passam a integrar a Rota do Queijo Paranaense
    Queijarias toledanas passam a integrar a Rota do Queijo Paranaense
  • Queijarias toledanas passam a integrar a Rota do Queijo Paranaense
    Queijarias toledanas passam a integrar a Rota do Queijo Paranaense
  • Queijarias toledanas passam a integrar a Rota do Queijo Paranaense
    Queijarias toledanas passam a integrar a Rota do Queijo Paranaense
  • Queijarias toledanas passam a integrar a Rota do Queijo Paranaense
    Queijarias toledanas passam a integrar a Rota do Queijo Paranaense
  • Queijarias toledanas passam a integrar a Rota do Queijo Paranaense
    Queijarias toledanas passam a integrar a Rota do Queijo Paranaense
  • Queijarias toledanas passam a integrar a Rota do Queijo Paranaense
    Queijarias toledanas passam a integrar a Rota do Queijo Paranaense
  • Queijarias toledanas passam a integrar a Rota do Queijo Paranaense
    Queijarias toledanas passam a integrar a Rota do Queijo Paranaense
  • Queijarias toledanas passam a integrar a Rota do Queijo Paranaense
    Queijarias toledanas passam a integrar a Rota do Queijo Paranaense

 

O distrito de Vila Nova em Toledo foi o local escolhido para a entrega das placas da Rota do Queijo Paranaense para as Queijarias Flor da Terra, Vila Belli e Atani, essa última anfitriã do evento. Além da reunião técnica, realizada nesta sexta-feira (18), o momento debateu o turismo rural e a importância do Sistema Unificado Estadual de Sanidade Agroindustrial Familiar, Artesanal e de Pequeno Porte (SUSAF). Ao final do evento ainda foi promovida uma degustação de produtos das agroindústrias e também a venda de queijos.

O evento contou com a presença de diversos órgãos e entidades ligadas ao setor, entre eles a Secretaria de Estado de Agricultura e Abastecimento (SEAB), Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná (IAPAR/EMATER), Biopark, Sindicato Rural de Toledo, Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste) e Câmara Municipal. Quem também esteve presente foi a Prefeitura de Toledo, no ato representada pelo secretário de Agronegócio, Inovação, Turismo e Desenvolvimento Econômico, Diego Bonaldo, e servidores municipais. 

Em nome do gestor toledano, prefeito Beto Lunitti e também do vice Ademar Dorfschmidt, Bonaldo destacou a importância do momento e elencou conquistas do município, como o certificado de adesão do município ao Sistema Unificado de Atenção à Sanidade Agropecuária (Suasa) e ao SUSAF-PR. “A gente tem se esforçado para dar este suporte, pois o papel do setor público é não atrapalhar. A conquista do SUSAF-PR foi importante, pois agora, neste momento, vemos que nossos queijos estão chegando a todo o Paraná”, disse.

Com isso, as agroindústrias, neste caso as queijarias, podem ampliar seus horizontes, não ficando mais restritas aos limites do território toledano, podendo buscar mercados nos 399 municípios paranaenses. “Olha que maravilha estamos vivenciando e todo o Paraná agora pode conhecer os queijos, fortalecendo o turismo rural em nossa região”, acrescentou Bonaldo, agradecendo também ao Biopark que tem contribuído com as pesquisas para o desenvolvimento de queijos finos na região.

O secretário ainda lembrou que a pequena propriedade precisa agregar mais valor a sua produção e essa característica, muito evidente em Toledo por conta da sua colonização, é um modelo que tem dado certo. “E como conseguimos produzir mais em áreas menores? Elevando a qualidade do nosso produto, se tornando mais produtiva. Esse projeto trouxe mais valor para quem já produzia queijos”, concluiu. 

A rota do queijo paranaense completou pouco mais de um ano de criação e congrega as diversas queijarias pelo Estado do Paraná com regularidade de inspeção e abertas a receber pessoas para conhecer, degustar e entender os processos de produção dos diferentes queijos produzidos no Paraná. A interação entre produtores, turistas e os diversos consumidores possibilita o desenvolvimento de novos negócios e novos atrativos turísticos para o Paraná.