Programa de Melhoramento Genético de Bovinos Leiteiros

      A  proposta de melhoramento genético dos bovinos de leite iniciou-se em meados de 1998.  Organizou-se o primeiro grupo com 32 produtores, na comunidade de Bom Princípio e em setembro de 1999 foi concluído o projeto de organização dos condomínios com um total de 24 grupos e 424 produtores. O programa iniciou-se em uma parceria entre a Emater e a Prefeitura Municipal, mas atualmente o programa é coordenado somente pela Prefeitura, através da Secretaria de Agricultura.

       O Programa de Melhoramento Genético da Bovinocultura de Leite tem o objetivo de estimular a produção leiteira no município através da doação de sêmen para inseminação artificial do rebanho bovino e doação de nitrogênio líquido para abastecer os botijões onde fica armazenado este sêmen.  

        Atualmente são atendidos 225  produtores, organizados em 32 condomínios. 

      Para participar do programa, o produtor de leite deve fazer o seu cadastro junto a Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SAA) de Toledo, emitir nota fiscal da produção leiteira, e ter seus animais cadastrados na ADAPAR, conforme lei "R" nº 53/2009 e lei "R" nº 100/2011.

      A recarga de nitrogênio é realizada mensalmente, no Centro de Eventos Ismael Sperafico. São 84 botijões cadastrados, dentre eles estão botijões cedidos para uso pela Prefeitura, e botijões particulares de propriedade dos produtores cadastrados no programa. 

         A doação de sêmen é realizada anualmente. 

 

Maiores informações:

Secretaria Municipal da Agricultura e Abastecimento

(45) 3055-8843 - Karine Zachow - Eng. Agrônoma - CREA - PR 90440