Cartão postal: revitalização da Usina do Conhecimento começa a ganhar forma

Publicado: Sex, 05/01/2024 14:05 | Modificado: Seg, 08/01/2024 17:06
  • Serviços na parte elétrica, pintura interna e colocação de pavers estão sendo realizados no local, que sediará, em parceria com a UTFPR, centro de educação e novas tecnologias
    Serviços na parte elétrica, pintura interna e colocação de pavers estão sendo realizados no local, que sediará, em parceria com a UTFPR, centro de educação e novas tecnologias
  • Serviços na parte elétrica, pintura interna e colocação de pavers estão sendo realizados no local, que sediará, em parceria com a UTFPR, centro de educação e novas tecnologias
    Serviços na parte elétrica, pintura interna e colocação de pavers estão sendo realizados no local, que sediará, em parceria com a UTFPR, centro de educação e novas tecnologias
  • Serviços na parte elétrica, pintura interna e colocação de pavers estão sendo realizados no local, que sediará, em parceria com a UTFPR, centro de educação e novas tecnologias
    Serviços na parte elétrica, pintura interna e colocação de pavers estão sendo realizados no local, que sediará, em parceria com a UTFPR, centro de educação e novas tecnologias
  • Serviços na parte elétrica, pintura interna e colocação de pavers estão sendo realizados no local, que sediará, em parceria com a UTFPR, centro de educação e novas tecnologias
    Serviços na parte elétrica, pintura interna e colocação de pavers estão sendo realizados no local, que sediará, em parceria com a UTFPR, centro de educação e novas tecnologias
  • Serviços na parte elétrica, pintura interna e colocação de pavers estão sendo realizados no local, que sediará, em parceria com a UTFPR, centro de educação e novas tecnologias
    Serviços na parte elétrica, pintura interna e colocação de pavers estão sendo realizados no local, que sediará, em parceria com a UTFPR, centro de educação e novas tecnologias

 

Um dos pontos de destaque no principal cartão postal de Toledo, a Usina do Conhecimento está passando por um processo de revitalização, que já começa a ganhar forma. Em breve, o espaço, localizado na península à beira do lago que forma o Parque Ecológico Diva Paim Barth, será transformado em um centro de educação e novas tecnologias gerenciado pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR).

A parceria entre a instituição de ensino superior, que desenvolveu o projeto, e a Prefeitura de Toledo foi firmada em junho do ano passado. Neste acordo, cabe ao governo municipal licitar, contratar e fiscalizar as obras, que estão sob os cuidados da Metalúrgica Dantol Ltda. Neste momento, colaboradores da empresa trabalham em três frentes: parte elétrica, pintura interna e colocação de pavers. Para os próximos dias, estão previstas as instalações do pergolado na área de acesso e de vidros internos.

O valor para a execução global (mão de obra e materiais) do projeto é de R$ 1.639.843,13. “É um projeto bastante desafiador, visto que encontramos o espaço bastante deteriorado antes do início das obras. Como centenas de pombos ocupavam o local, havia muita sujeira e, na primeira limpeza que foi feita, já se percebeu uma diferença significativa. À medida que a obra avança, vemos as transformações pelas quais a Usina do Conhecimento está passando”, relata a diretora do Departamento de Obras da Secretaria da Infraestrutura Rural e Urbana e de Serviços Públicos, Caroline Machado.

Depois de concluída, a obra será utilizada pela UTFPR para a realização de atividades ligadas à educação e fomento às novas tecnologias, estrutura física e humana que poderá ser utilizada, por exemplo, para eventos de formação docente promovidos pela Secretaria Municipal da Educação (Smed). “Temos muitos avanços em relação à educação, em diversas frentes, tendo como carro-chefe o Aluno Conectado, programa que disponibiliza internet de qualidade para todas a rede municipal, tablets para os alunos, salas de aulas equipadas com televisores inteligentes, laboratórios de robótica e informática com impressoras 3D e notebooks para os professores, além de ações como o curso superior em Tecnologias Educacionais e o Professor Pesquisador, com vantagens para os docentes cursarem pós-graduações e mestrados”, comenta o prefeito de Toledo, Beto Lunitti.

A universidade também tem a intenção de utilizar o espaço para projetos de iniciação científica, ações sobre educação financeira e empreendedorismo e sobre metodologias ativas (destinado a professores). Além disso, poderá receber visitas escolares programadas e abrigar incubadoras para jovens iniciarem sua trajetória empresarial, recebendo assessoria especializada para isso.