Com entrega de 20 bolsas, Educação lança o programa Professor Pesquisador

Publicado: Qua, 10/05/2023 17:00 | Modificado: Qui, 11/05/2023 17:07
  • Ato realizado na tarde desta terça (9) no Auditório Acary Oliveira apresentou à comunidade 18 educadores que farão especialização e 2 que cursarão mestrado
    Ato realizado na tarde desta terça (9) no Auditório Acary Oliveira apresentou à comunidade 18 educadores que farão especialização e 2 que cursarão mestrado
  • Ato realizado na tarde desta terça (9) no Auditório Acary Oliveira apresentou à comunidade 18 educadores que farão especialização e 2 que cursarão mestrado
    Ato realizado na tarde desta terça (9) no Auditório Acary Oliveira apresentou à comunidade 18 educadores que farão especialização e 2 que cursarão mestrado
  • Ato realizado na tarde desta terça (9) no Auditório Acary Oliveira apresentou à comunidade 18 educadores que farão especialização e 2 que cursarão mestrado
    Ato realizado na tarde desta terça (9) no Auditório Acary Oliveira apresentou à comunidade 18 educadores que farão especialização e 2 que cursarão mestrado
  • Ato realizado na tarde desta terça (9) no Auditório Acary Oliveira apresentou à comunidade 18 educadores que farão especialização e 2 que cursarão mestrado
    Ato realizado na tarde desta terça (9) no Auditório Acary Oliveira apresentou à comunidade 18 educadores que farão especialização e 2 que cursarão mestrado
  • Ato realizado na tarde desta terça (9) no Auditório Acary Oliveira apresentou à comunidade 18 educadores que farão especialização e 2 que cursarão mestrado
    Ato realizado na tarde desta terça (9) no Auditório Acary Oliveira apresentou à comunidade 18 educadores que farão especialização e 2 que cursarão mestrado
  • Ato realizado na tarde desta terça (9) no Auditório Acary Oliveira apresentou à comunidade 18 educadores que farão especialização e 2 que cursarão mestrado
    Ato realizado na tarde desta terça (9) no Auditório Acary Oliveira apresentou à comunidade 18 educadores que farão especialização e 2 que cursarão mestrado

 

A Secretaria da Educação de Toledo (Smed) realizou, na tarde desta terça-feira (9), o lançamento do Professor Pesquisador, programa que visa incentivar a pesquisa e a capacitação dos professores da rede municipal. O grande momento do evento foi a apresentação dos 20 educadores (confira lista de nomes ao fim da matéria) que integram a primeira turma de beneficiados por esta política pública, que se encontra regulamentada pela Lei nº 2.530/2022.

Destes, 18 receberam bolsa para cursar pós-graduação lato sensu (especialização) e dois que cursarão pós-graduação stricto sensu (mestrado). Eles foram selecionados por comissão composta por servidores da Smed que são mestres, doutores e pós-doutores, os quais levaram em conta critérios como experiência docente, produção acadêmica e projetos de pesquisa.

Os professores contemplados com especializações receberão auxílio de R$ 500,00 por mês pelo período de 12 a 18 meses (conforme duração do curso). Os agraciados com as bolsas de mestrado poderão ser afastados do trabalho, sem prejuízo de sua remuneração ou da contagem do tempo de trabalho para fins de progressão e aposentadoria, pelo período máximo de 24 meses. 

Ambos os grupos serão beneficiados, dentro do período da especialização ou do mestrado, com a gratuidade do transporte coletivo urbano concedida por meio do programa “Toledo é + Mobilidade!”. Em julho, outros 34 profissionais serão beneficiados pelo “Professor Pesquisador”, totalizando 54 bolsas (50 de especialização e 4 de mestrado).

 

Autoridades

A solenidade foi prestigiada por várias autoridades. Algumas delas compuseram a mesa de honra: o prefeito Beto Lunitti o vice-prefeito Ademar Dorfschmidt; a secretária da Educação, Marli Gonçalves Costa; o presidente da Comissão de Educação, Cultura e Desporto, vereador Marcelo Marques; o representante do Conselho Municipal de Educação e do Fórum Municipal de Educação, Leandro de Araújo Crestani; do diretor-geral do câmpus local da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR), Ricardo Cesar Lopes; e do coordenador do curso de Educação Física da Universidade Paranaense (Unipar/Toledo), Robson Recalcatti.

Em sua fala, Marli destacou que o Professor Pesquisador representa uma grande conquista para a categoria. “Os educadores da rede municipal de ensino sonhavam com esta política pública há bastante tempo, a qual também marca o cumprimento de uma das ações previstas no plano de governo. Esse programa vem num momento em que a educação começa a trilhar um caminho sem volta no que diz respeito à avaliação externa de alunos e docentes, o que interferirá cada vez mais no valor que será repassado pelos governos federal e estadual aos municípios”, pontua. “Temos que nos adequar a esta realidade e empreender todos os esforços para que nossos alunos realmente aprendam o conteúdo lecionado, cada qual à sua maneira. Neste cenário, ter um professor especialista nas áreas que realmente interessam faz toda a diferença. São recursos públicos bem aplicados”, destaca.

Relator da lei que instituiu o programa, Marcelo Marques falou a respeito do caráter transformador da educação. “Sou um entusiasta do assunto e estou sempre aberto ao debate de ideias que melhorem o ensino das nossas crianças. Foi uma honra ter atuado de forma tão direta na viabilização do Professor Pesquisador”, comenta.

Os representantes das universidades colocaram as instituições que representam à disposição da Smed para a continuidade do programa lançado na ocasião. “Vim a este evento para conhecer melhor o Professor Pesquisador e noite que as melhorias na educação é feita, sim, na base da técnica, mas também é realizada a partir da fibra das pessoas envolvidas neste processo. Se for o caso, podemos abrir um canal com o governo municipal para oferecermos cursos customizados às demandas que este programa vier a apresentar”, salienta Ricardo. “Nossa universidade também incentiva seu corpo docente a se aprimorarem no âmbito profissional e acadêmico. Num país onde cerca de 10% das pessoas que iniciam o Ensino Fundamental chegam a concluir uma graduação, poder cursar uma especialização e um mestrado propiciado pelo governo municipal é um privilégio gigantesco, além de também ser um importante instrumento para termos um futuro melhor para as próximas gerações”, avalia Robson.

Ademar discorreu, em seu discurso, sobre os investimentos promovidos pela atual gestão em educação. “Projetos desta envergadura são fruto de muita reflexão e muito esforço. Só assim conseguimos realizar melhorias e, em relação aos investimentos na qualidade de ensino oferecida em Cmeis e escolas municipais, estamos colocando o pé no acelerador. E o que nos motiva a seguir por este caminho, que nem sempre é fácil de trilhar, é o propósito de oferecer o melhor para as nossas crianças. Saio deste recinto mais leve porque mais uma das missões assumidas com a população foi cumprida”, comenta o vice-prefeito.

Bastante emocionado em alguns momentos de sua fala, o prefeito assegurou que a busca por oferecer para as crianças da rede pública a mesma qualidade de ensino oferecida pelas escolas particulares é uma das prioridades de seu mandato. “Estamos nos apoderando dos recursos da tecnologia para mudar, de forma bastante prática, a vida das pessoas e, no caso do Aluno Conectado, nas crianças matriculadas na rede municipal. Estamos criando e ampliando o ambiente de inovação em nosso território e, neste contexto, temos que nos dar o direito de fazer diferente. Porém, isso só acontece quando temos que gosta de gente, que tem ânimo de buscar alternativas mais eficazes”, analisa Beto.

 

Os contemplados

Após os discursos, os integrantes da mesa de honra foram convidados a recepcionar individualmente cada um dos 20 beneficiados pelo programa. Com cartazes coloridos que continham a hashtag “#EuSouProfessorPesquisador” na mão, eles tiraram fotos com as autoridades. Confira abaixo o nome dos 20 primeiros educadores contemplados pelo programa Professor Pesquisador:

BOLSAS PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

Especialização em Neurociência: Ana Cláudia Pedreira Takenori (Centro Municipal de Educação Infantil [Cmei] Ângela Neolete Wessel), Kelly Cristina Ferreira (Escola Egon Werner Bercht), Marilaine Aline Alves Gatto (Centro Integrado de Políticas Educacionais [Cipe]), Patrícia Pereira do Nascimento (Cipe), Robert William da Silva Cambuim (Escola Engenheiro Waldyr Luiz Becker), Silvana Kathia Zepnicki (Escola Engenheiro Waldyr Luiz Becker) e William Marques de Santana (Cipe).

Especialização em Psicopedagogia Institucional, Clínica e Hospitalar: Andréia Strenske Werner (Cipe), Emanuelli Renosto (Cmei Arlindo de Campos), Kátia Priscila Lazarotto Perim (Escola Professor Henrique Brod), Leiliane Morante dos Santos (Cipe), Naação Luiz da Silva (Escola Carlos Friedrich) e Vanderleia Aparecida Borel Picoli (Cmei Dalva Nogueira).

Especialização em Educação Inclusiva: Danieli Bringman (Cipe)

Especialização em Transtorno do Espectro Autista: Rosane Vanessa Tarazuk Enz (Educação Especial Inclusiva/Smed)

Especialização em Arteterapia: Simone Pereira do Nascimento Brod (Cmei Sueli Doroti Varaschin Gruber), Simone Pereira Neves Morante (Cmei Sueli Doroti Varaschin Gruber) e Suelen Aline de Araújo Borelli (Cmei Rita Luciane Francescon)

 

BOLSAS PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU

Mestrado Profissional em Educação Física, da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste): Paula Guimarães Bugs (Escola Arsênio Heiss)

Mestrado em Desenvolvimento Territorial e Meio Ambiente, da Universidade de Araraquara (Uniara): Verônica Aparecida Rocha (Cmei Diva Bordin Fontana)