Recape asfáltico de vias estratégicas recebem investimento de R$ 4,2 milhões

Publicado: Seg, 23/01/2023 17:24 | Modificado: Ter, 24/01/2023 17:27
  • Executados pela Emdur, projetos de restauração têm extensão total de quase 72 mil metros quadrados e contemplam ruas do Centro e dos bairros Coopagro e La Salle
    Executados pela Emdur, projetos de restauração têm extensão total de quase 72 mil metros quadrados e contemplam ruas do Centro e dos bairros Coopagro e La Salle
  • Executados pela Emdur, projetos de restauração têm extensão total de quase 72 mil metros quadrados e contemplam ruas do Centro e dos bairros Coopagro e La Salle
    Executados pela Emdur, projetos de restauração têm extensão total de quase 72 mil metros quadrados e contemplam ruas do Centro e dos bairros Coopagro e La Salle
  • Executados pela Emdur, projetos de restauração têm extensão total de quase 72 mil metros quadrados e contemplam ruas do Centro e dos bairros Coopagro e La Salle
    Executados pela Emdur, projetos de restauração têm extensão total de quase 72 mil metros quadrados e contemplam ruas do Centro e dos bairros Coopagro e La Salle

 

Os investimentos em recape asfáltico seguem a todo o vapor na Capital Paranaense do Agronegócio! Neste momento, as equipes da Empresa de Desenvolvimento Urbano e Rural de Toledo (Emdur) estão trabalhando na execução de dois contratos firmados com o governo municipal, os quais totalizam R$ 4.210.004,96 e 71.894,68 metros quadrados de extensão.

Deste total, R$ 698.777,30 estão sendo investidos na Rua Almirante Tamandaré, no trecho entre as avenidas José João Muraro e Maripá (11.741,89 metros quadrados). O restante (R$ 3.511.227,66 e 60.159,79) contempla seis vias localizadas no Centro e nos bairros La Salle e Coopagro: General Alcides Etchegoyen (18.140,04 m²), Haroldo Hamilton (3.503,06 m²), João Orestes Ruaro (9.703,17 m²), Eugênio Gustavo Keller (6.896,24 m²), Albino Scariot (15.565,84 m²) e Eduardo Gatto (6.344,44 m²).

O superintendente da Emdur, Ascânio Butzge, destaca que estas obras propiciam múltiplos benefícios à população. “São intervenções que visam oferecer às nossas vias melhores condições de segurança e trafegabilidade. Além disso, essas intervenções propiciam um aspecto mais bonito a ruas, avenidas e rodovias rurais, o que é corroborado com toda a parte de sinalização viária que nossa equipe também realiza nestes locais”, pontua.

De acordo com Ascânio, outros projetos estruturantes estão no cronograma da Emdur para os próximos meses, como a reurbanização da Rua Carlos Sbaraini (Panorama/São Francisco), no trecho entre a Avenida Attílio Fontana e a PR 585; a revitalização da Avenida Ministro Cirne Lima, entre a Rua Carlos Barbosa e a BR 163, e a continuidade nas obras no canteiro central da Avenida Parigot de Souza, agora no trecho entre a Rua São João e a Avenida Nossa Senhora de Fátima. “Com tantas obras acontecendo de forma simultânea, pedimos aos condutores um pouco mais de cautela por parte dos motoristas, pois nestas vias haverá operários e máquinas trabalhando, ocasionando interdição parcial ou total. Tudo isso está sendo feito por nossos condutores e também por nossos pedestres, então vale a pena um transtorno temporário que resultará em benefícios duradouros para todos”, comenta.

O prefeito Beto Lunitti observa que sua gestão adotou como prioridade a recuperação da malha asfáltica urbana e rural. “Toledo está investindo de forma constante na manutenção da malha viária, formando um conjunto de ações que resultam no maior programa de recape da nossa história”, observa.