Alcides Pan foi palco da emocionante final da Liga Nacional de Futsal

Publicado: Seg, 18/12/2023 14:23 | Modificado: Seg, 18/12/2023 16:13
  • Alcides Pan foi palco da emocionante final da Liga Nacional de Futsal
    Alcides Pan foi palco da emocionante final da Liga Nacional de Futsal
  • Alcides Pan foi palco da emocionante final da Liga Nacional de Futsal
    Alcides Pan foi palco da emocionante final da Liga Nacional de Futsal
  • Alcides Pan foi palco da emocionante final da Liga Nacional de Futsal
    Alcides Pan foi palco da emocionante final da Liga Nacional de Futsal
  • Alcides Pan foi palco da emocionante final da Liga Nacional de Futsal
    Alcides Pan foi palco da emocionante final da Liga Nacional de Futsal
  • Alcides Pan foi palco da emocionante final da Liga Nacional de Futsal
    Alcides Pan foi palco da emocionante final da Liga Nacional de Futsal
  • Alcides Pan foi palco da emocionante final da Liga Nacional de Futsal
    Alcides Pan foi palco da emocionante final da Liga Nacional de Futsal

 

Casa cheia, torcidas empolgadas e um grande jogo. Todos esses elementos contribuíram para que a final da Liga Nacional de Futsal (LNF), disputada no Ginásio de Esportes Alcides Pan, em Toledo, entrasse para a história. Em uma partida emocionante, o Atlântico, equipe do município gaúcho de Erechim, venceu o Joinville, de Santa Catarina, por 2 a 1 e conquistou seu primeiro título da competição na história do clube.

Jogada no oeste do Paraná, a decisão em partida única e em ginásio neutro, foi acertada. “Em todas as entrevistas que dei até o momento eu disse que acertamos. A expectativa que nós criamos em relação ao jogo, a acolhida dos toledanos, um povo apaixonado pelo futsal pelo que percebemos, a organização, a recepção, tudo foi muito bom. A torcida absorveu a ideia e Toledo pela sua hospitalidade contagiou o Brasil”, disse o presidente da LNF, Cladir Dariva.

O presidente ainda acrescentou que o mundo todo pode conhecer um município próspero e bem administrado. “O mundo conheceu um povo acolhedor, agradável e dedicado. A conquista da Liga não foi somente do Atlântico, Toledo compartilhou essa alegria”. 

Por sua vez, o prefeito Beto Lunitti, que acompanhou a decisão ao lado do vice-prefeito Ademar Dorfschmidt e o presidente da Câmara de Vereadores Dudu Barbosa, se mostrou entusiasmado com o momento. “Foi maravilhoso. Toledo foi projetado em rede nacional por conta da transmissão de grandes veículos de comunicação, muitos jornais e sites divulgando também. Isso demonstra a seriedade do projeto Esporte Futuro e a influência junto a um dos esportes mais praticados no Brasil”, concluiu.

O jogo - A disputa começou bastante acirrada e com um calor de 35º na quadra do Alcides Pan. A primeira grande chance de gol veio com Chape, do Atlântico, aos cinco minutos. O Galo seguiu pressionando o Joinville. Entretanto, foram os catarinenses que abriram o placar aos 14 minutos com Roni, decretando o resultado final do primeiro tempo. 

O Joinville, já na segunda etapa, teve a oportunidade de ampliar o placar com Eder Lima, porém o jogador desperdiçou a chance com o gol aberto e finalizou para fora. Pressionando bastante, o time gaúcho chegou a acertar duas vez a trave dos adversários. Aí veio a emoção. Com apenas 26 segundos para o apito final, Bolt empatou a partida em um belo chute colocado no canto esquerdo de Willian. 

E se o empate já foi ruim, faltando nove segundos, Rick passou para a área sem marcação e Chape desviou na segunda trave para colocar o Atlântico como o grande campeão desta edição da LNF.