Beto Lunitti ministra palestra em simpósio sobre inteligência nas cidades

Publicado: Seg, 04/09/2023 17:06
  • Prefeito esteve entre especialistas convidados para evento realizado na semana passada em Foz do Iguaçu por empresa que é referência nacional no assunto
    Prefeito esteve entre especialistas convidados para evento realizado na semana passada em Foz do Iguaçu por empresa que é referência nacional no assunto
  • Prefeito esteve entre especialistas convidados para evento realizado na semana passada em Foz do Iguaçu por empresa que é referência nacional no assunto
    Prefeito esteve entre especialistas convidados para evento realizado na semana passada em Foz do Iguaçu por empresa que é referência nacional no assunto

 

O prefeito de Toledo e presidente da Associação dos Municípios do Oeste do Paraná (Amop), Beto Lunitti, foi um dos especialistas convidados para ministrar uma das palestras no 10º Simpósio Dataprom Inteligência nas Cidades. Durante 20 minutos, o chefe do Executivo Municipal, falou, na manhã da última sexta-feira (1º), sobre “Inteligência na gestão e operação dos serviços públicos no Oeste do Paraná”.

Iniciado no dia anterior, o evento trouxe para Foz do Iguaçu centenas de lideranças interessadas em conhecer melhor as tendências e soluções tecnológicas para cidades inteligentes. A organização esteve a cargo da Dataprom, empresa curitibana que está no mercado há anos e é referência nacional no assunto.

Em sua fala, o prefeito falou a respeito de diversos projetos da gestão que lidera ao lado do vice Ademar Dorfschmidt, sobretudo na área de segurança e mobilidade urbana. “A filosofia que temos adotado em Toledo é a de investir tempo em procurar e oferecer soluções efetivas para a sociedade, sem desperdiçar energia em conflitos desnecessários com as demais instituições ou opositores. Este é o primeiro passo para termos um equilíbrio no desenvolvimento econômico, segundo o qual é necessário cuidar, antes de tudo, das pessoas, promovendo uma sociedade inclusa, liberta e encantada com o lugar onde vivem”, salienta.