Chegada da Embrapa já movimenta o setor produtivo em Toledo

Publicado: Qua, 12/04/2023 16:46
  • Chegada da Embrapa já movimenta o setor produtivo em Toledo
    Chegada da Embrapa já movimenta o setor produtivo em Toledo
  • Chegada da Embrapa já movimenta o setor produtivo em Toledo
    Chegada da Embrapa já movimenta o setor produtivo em Toledo
  • Chegada da Embrapa já movimenta o setor produtivo em Toledo
    Chegada da Embrapa já movimenta o setor produtivo em Toledo

 

Em encontro realizado nesta quarta-feira (12), no estande da Prefeitura de Toledo no Centro de Eventos Ismael Sperafico, a Cooperativa Primato, a administração municipal e representantes da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) discutiram ações para o fortalecimento de pesquisas voltadas ao aumento da produção agropecuária. A ação ocorreu dentro do Inovameat 2023, evento que busca avanços para as diversas cadeias produtivas da proteína animal. A conversa foi proposta pelo prefeito Beto Lunitti. 

O tema principal da pauta foi um olhar mais territorial para os diversos elementos que compõem a cadeia da proteína animal na região, buscando avanços que melhorem a produtividade. “Queremos nos colocar à disposição para conversarmos sobre soluções e potencializar parcerias, diminuindo dificuldades que encontramos hoje. Queremos quebrar as barreiras, aumentar a produtividade e essa é uma discussão que precisa avançar”, disse o representante da Embrapa Pesca e Aquicultura, Giovanni Vitti Moro.

Diante do exposto, o presidente da Cooperativa Primato, Anderson Sabadin, lembrou que é necessário acelerar trâmites. “Vamos aproximar essas discussões. Esse relato de dificuldade abre um campo para as cooperativas conversarem, aumentar a conexão com os produtores, pois as demandas virão de vocês”, disse. Sabadin ainda acrescentou que a questão de Toledo ser contemplada com uma Unidade Mista de Pesquisa e Inovação (UMIPI) da Embrapa é algo que precisa ser muito bem aproveitado.

“É identificar oportunidades, fazer diagnósticos e atribuir isso tudo a um resultado maior na sua atividade. Sabemos que o campo aqui da nossa região tem uma força expressiva em mão de obra, mas é fundamental gerar mais renda, com menor esforço. Acredito que ela venha somar com a eficiência operacional que já temos. Vem consequentemente melhoria do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), qualidade de vida das pessoas que estão no campo. O presidente da Primato ainda destacou que já se observa na região o êxodo urbano. “As pessoas estão voltando para o meio rural, os filhos dos produtores rurais querem estar no campo por conta da qualidade que tem”.

Outro ponto destacado por Sabadin é que a Embrapa vai ouvir as demandas do setor produtivo rural, seja na propriedade ou na cooperativa, e buscar soluções pontuais. "Vamos para uma situação específica. Qualidade de água é importante para melhoria na produção agropecuária. Vale para peixes, no nosso caso à tilápia, mas também para suinocultura, avicultura e bovinocultura de leite. Como vamos trabalhar a qualidade da água? Termos uma melhor conversão na tilápia e diminuir a mortalidade de suinos?”, questionou. “Então tem muita coisa que a Embrapa pode nos ajudar a resolver a partir das suas pesquisas”, disse.

Para o prefeito Beto Lunitti, essas discussões são salutares e a intenção do Governo Municipal é proporcionar este ambiente de encontro e debates. “Quando organizamos um evento da envergadura do Inovameat, nossa intenção é promover o debate. A presença da Embrapa é uma soma de esforços e ver que as discussões estão se ampliando, que hoje já podemos contar com uma UMIPI, é salutar para o poder público”, concluiu.

Ainda participaram do encontro o secretário do Agronegócio, Inovação, Turismo e Desenvolvimento Econômico Diego Bonaldo, os representantes da Embrapa Luizinho Caron e Licia Licia Cardoso Braff e do especialista em nutrição de bovinos de leite Juliandro Ostapechen.