Parceria vai identificar espécies e sanidade da fauna aquática do Parque Ecológico

Publicado: Seg, 06/02/2023 18:04
  • Parceria vai identificar espécies e sanidade da fauna aquática do Parque Ecológico
    Parceria vai identificar espécies e sanidade da fauna aquática do Parque Ecológico

 

Uma parceria entre a Secretaria do Meio Ambiente de Toledo e a Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste) vai proporcionar uma análise das espécies da fauna aquática do lago do Parque Ecológico Diva Paim Barth, composta, segundo dados de 2005, por carpas, pacus, curimbas, lambaris, traíras, piauçus, cascudos e tilápias. 

Os trabalhos serão iniciados na manhã da terça-feira (07) e devem se estender até um diagnóstico completo dos peixes que povoam a nascente da Sanga Panambi e o lago. A intenção é coletar informações que podem ser utilizadas para ações preventivas, elaboração de recomendações para o manejo, preservação da qualidade da água, recuperação e visando à sustentabilidade e tomada de decisões importantes tais como recreação, pesca e repovoamento. 

O estudo, além de apontar as espécies, vai avaliar a qualidade da água quanto ao cultivo de organismos aquáticos para consumo humano, a qualidade do pescado capturado quanto a segurança microbiológica para consumo humano e identificar e quantificar os elementos principais (aluminio e cobre) em tecidos de peixes. 

“O pessoal da Universidade vai trabalhar na captura dos peixes no período da manhã e tarde, portanto, nos próximos dias, teremos algumas movimentações atípicas na região do Parque Ecológico. A intenção é ver se ainda são as mesmas espécies, a sanidade dos peixes, entre outros detalhes”, comentou o secretário de Meio Ambiente de Toledo, Júnior Henrique Pinto.