AMOP participa de mobilização municipalista em Brasília

Publicado: Qua, 16/08/2023 14:27
  • AMOP participa de mobilização municipalista em Brasília
    AMOP participa de mobilização municipalista em Brasília

 

A Associação dos Municípios do Oeste do Paraná (AMOP) participa, em Brasília, da mobilização municipalista organizada pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM). No primeiro dia do evento, na terça-feira (15), o principal foco foi a Reforma Tributária e a crise que tem se agravado em muitos municípios com o aumento de despesas e as recorrentes quedas de receitas.

O presidente da AMOP e prefeito de Toledo, Beto Lunitti, lidera a comitiva, que é formada ainda pelos prefeitos Luiz Ernesto de Giacometti (Palotina), Valter Aparecido Souza Correia (Assis Chateaubriand), Fábio D’Alécio (Ubiratã), Pecinha (Nova Aurora), Heraldo Trento (Guaíra), Silvio de Souza (Lindoeste), Maxwell Scapini (Capitão Leônidas Marques) e Ivo Roberto (Serranópolis do Iguaçu).

Durante a mobilização, o presidente da CNM, Paulo Ziulkoski, apresentou um estudo completo elaborado pela entidade que mostra que a cada R$ 100 que são arrecadados por Municípios, R$ 91 são utilizados para o pagamento de pessoal e custeio da máquina pública. Essa análise técnica elenca ainda uma série de consequências práticas que oneram os entes locais.

“A pauta é extensa, toda discutida com muita seriedade, pois é preciso enfrentar essa questão da queda vertiginosa das receitas dos Municípios brasileiros. Cinquenta por cento dos municípios brasileiros já estão no vermelho. Quem não está, certamente entrará. É um movimento municipalista de convencimento das instâncias governamentais e legislativas para que o primeiro pobre dos entes federados possa ser atendido em suas demandas, porque é lá que vive o cidadão”, contextualiza o presidente Lunitti.

A AMOP tradicionalmente ocupa espaço de destaque nos eventos nacionais por ser uma das mais bem organizadas entidades municipalistas do Brasil, possuindo um peso relevante nas decisões e encaminhamentos. “Estamos fazendo coro a esse movimento municipalista de recomposição de receitas dos municípios brasileiros”, pontua Lunitti. 

Os prefeitos do Oeste que estão em Brasília devem também ter agendas próprias focadas em demandas da região. A mobilização da CNM termina nesta quarta-feira (16). No primeiro dia mais de 2 mil gestores participaram.

Texto e foto: Assessoria AMOP/Maycon Corazza