Assinado contrato para construção de ponte sobre o Arroio Marreco

Publicado: Qui, 11/04/2024 15:52 | Modificado: Sex, 12/04/2024 17:24
  • Obra, no valor de R$ 5.436.522,41, contará com passarela e mirante, o que fará do local mais um atrativo turístico de Toledo
    Obra, no valor de R$ 5.436.522,41, contará com passarela e mirante, o que fará do local mais um atrativo turístico de Toledo
  • Obra, no valor de R$ 5.436.522,41, contará com passarela e mirante, o que fará do local mais um atrativo turístico de Toledo
    Obra, no valor de R$ 5.436.522,41, contará com passarela e mirante, o que fará do local mais um atrativo turístico de Toledo
  • Obra, no valor de R$ 5.436.522,41, contará com passarela e mirante, o que fará do local mais um atrativo turístico de Toledo
    Obra, no valor de R$ 5.436.522,41, contará com passarela e mirante, o que fará do local mais um atrativo turístico de Toledo
  • Obra, no valor de R$ 5.436.522,41, contará com passarela e mirante, o que fará do local mais um atrativo turístico de Toledo
    Obra, no valor de R$ 5.436.522,41, contará com passarela e mirante, o que fará do local mais um atrativo turístico de Toledo
  • Obra, no valor de R$ 5.436.522,41, contará com passarela e mirante, o que fará do local mais um atrativo turístico de Toledo
    Obra, no valor de R$ 5.436.522,41, contará com passarela e mirante, o que fará do local mais um atrativo turístico de Toledo
  • Obra, no valor de R$ 5.436.522,41, contará com passarela e mirante, o que fará do local mais um atrativo turístico de Toledo
    Obra, no valor de R$ 5.436.522,41, contará com passarela e mirante, o que fará do local mais um atrativo turístico de Toledo
  • Obra, no valor de R$ 5.436.522,41, contará com passarela e mirante, o que fará do local mais um atrativo turístico de Toledo
    Obra, no valor de R$ 5.436.522,41, contará com passarela e mirante, o que fará do local mais um atrativo turístico de Toledo

 

Um sonho antigo da comunidade da Grande Coopagro está prestes a se tornar realidade. Foi assinado, de forma simbólica, na manhã desta quinta-feira (11), o contrato para a construção da ponte sobre o Arroio Marreco, na extensão da Rua Ângela Zanella.

Realizado na Sala de Reuniões do Gabinete do Prefeito, o ato contou com a presença de vereadores, representantes da empresa que executará a obra, secretários e servidores públicos municipais da área técnica. O encontro teve o objetivo de alinhar detalhes e tirar dúvidas antes sobre cada fase da obra.

O edital licitatório estabelecia o valor de R$ 6.717.527,92, mas a CDA Engenharia Ltda. de Joinville, ofereceu R$ 5.436.522,41 (desconto de 19,07%) e sagrou-se vencedora do certame. Segundo o contrato, o prazo para entrega é de 240 dias a contar da emissão da ordem de serviço, o que deve ser na semana que vem. 

Com 60 metros de extensão e 15 metros de largura, a ponte será construída em curva e terá ainda iluminação LED e passarela com 2,50 metros de largura e a 1 metro de altura da água, garantindo um grande ângulo de contemplação e interatividade com o meio natural. Além disso, haverá um mirante integrado à ponte, com parte do piso em vidro, dando uma perspectiva ampliada para o curso d’água.

O objetivo da administração municipal é contribuir para o encurtamento de distâncias, acompanhar a expansão urbana de Toledo e proporcionar mudança de hábitos de vida da população, o que fará do local mais um atrativo turístico de Toledo. Além disso, busca-se superar uma realidade que bastante insegura na qual vários veículos passam pelo rio em meio ao paredão de rochas e a queda d´água localizada no entorno com o risco de serem levados pela correnteza em épocas com grandes volumes de chuva.

Celebração e compromisso – Durante o ato simbólico de assinatura do contrato, o prefeito Beto Lunitti destacou a importância da obra. “Em mais de 71 anos de história do nosso município, este projeto nunca havia sido levado em conta. Nosso plano de governo contempla esta obra e hoje estamos dando um passo importante para torná-la uma realidade sonhada há tanto tempo pelos moradores do Coopagro. Diante de tantas expectativas e da complexidade relacionadas a esta construção, realizamos esta reunião para celebrar e, ao mesmo tempo, alinhar detalhes entre todas as partes envolvidas”, explica. “Peço à construtora comprometimento quanto valores,  qualidade de insumos e serviços e prazos, pois, infelizmente, temos um histórico de obras abandonadas. Para qualquer problema que surgir, estamos abertos ao diálogo a fim de buscar uma solução”, destaca o chefe do Executivo, que propôs reuniões periódicas entre servidores e representantes da empresa a cada 30 dias.

Os vereadores Leoclides Bisognin, Genivaldo Jesus e Dudu Barbosa (presidente da Câmara) marcaram presença no evento. “Alguns moradores chegaram a duvidar que esta obra fosse sair do papel, mas agora veremos uma obra que irá muito além do que nossos olhos poderão enxergar neste momento”, analisa Dudu. “O sucesso desta obra passa pela qualidade do trabalho dos fiscais. Enquanto fiscal eleito pela população, deposito em vocês toda nossa confiança”, destaca Leoclides. “Moro no Coopagro e trabalhei junto ao Executivo para que o projeto saísse do papel. Hoje estou muito feliz com este ato que coroa a competência de todos aqueles que se envolveram com este projeto que, até que enfim, vai sair!”, celebra Genivaldo.

Após ouvir recomendações relacionadas às partes administrativa, estrutural, burocrática e financeira, os representantes da CDA Engenharia Ltda. falaram sobre as obras que já realizaram no Paraná. “Temos um histórico de obras públicas em vários municípios, como a construção de uma ponte sobre o Rio Pirapó em Jardim Olinda e a rodoviária de Umuarama, projeto que retomamos depois de ter sido abandonado. Vamos montar nosso canteiro no início de maio, mas já estamos cuidando de alguns detalhes para começarmos o projeto com tudo”, adianta.