Moradores do Jardim Recanto aprovam melhorias para vias do bairro

Publicado: Sex, 08/03/2024 14:59
  • Moradores do Jardim Recanto aprovam melhorias para vias do bairro
    Moradores do Jardim Recanto aprovam melhorias para vias do bairro
  • Moradores do Jardim Recanto aprovam melhorias para vias do bairro
    Moradores do Jardim Recanto aprovam melhorias para vias do bairro
  • Moradores do Jardim Recanto aprovam melhorias para vias do bairro
    Moradores do Jardim Recanto aprovam melhorias para vias do bairro
  • Moradores do Jardim Recanto aprovam melhorias para vias do bairro
    Moradores do Jardim Recanto aprovam melhorias para vias do bairro
  • Moradores do Jardim Recanto aprovam melhorias para vias do bairro
    Moradores do Jardim Recanto aprovam melhorias para vias do bairro

 

Uma das reurbanizações mais aguardadas pela população foi definida nesta quinta-feira (07). Em audiência pública conduzida pelas Secretarias de Planejamento, Habitação e Urbanismo e da Fazenda, os moradores das Ruas Waldemar Grahl e Dionísio Falbota, no Jardim Recanto, aprovaram o projeto proposto pela administração municipal para a implantação de melhorias nas vias, como a implantação de galerias pluviais, meio-fio, calçada, pavimentação asfáltica, iluminação pública e sinalização viária.

O projeto apresentado aos moradores, durante o encontro realizado na Associação de Moradores do Jardim Filadélfia, contempla um trecho de 386,00 metros da Rua Waldemar Grahl, entre a Rua Dionisio Falbota e a Avenida Cirne Lima, e 90,40 metros na Rua Dionísio Falbota, partindo da Rua Waldemar Grahl até a Rua Alcides Pan. As intervenções estão orçadas em R$ 1.516.034,38 e serão custeadas pela Prefeitura de Toledo, cabendo a comunidade apenas a contribuição de melhoria. 

Conforme o diretor de Receita, Jaldir Anholeto, a contrapartida da comunidade será feita a partir da valorização dos imóveis. “Será feita uma análise dos valores atendidos por esta obra. Após a conclusão dos trabalhos eles serão reavaliados e, a partir da valorização, é calculado quanto cada proprietário terá que contribuir”, explicou. Coube ao secretário secretário de Planejamento, Habitação e Urbanismo, Norisvaldo Penteado, e a diretora de Planejamento Urbano, Tainara Aline da Silva, detalhar o projeto para as vias e esclarecer as dúvidas dos moradores. 

A partir de agora, o município realizará os trâmites para dar inícios as obras que ficarão por conta da Empresa do Desenvolvimento Urbano e Rural (Emdur). A previsão é que os trabalhos comecem no segundo semestre deste ano. Além dos representantes do município, os vereadores Leoclides Bisognin e Valdir Rossetto participaram da audiência.