Evento na Praça Willy Barth marca campanha de prevenção ao suicídio

Publicado: Sex, 29/09/2023 17:11
  • Diversas atividades foram realizadas durante o Setembro Amarelo como forma de valorizar a vida e divulgar a rede de proteção e apoio contra o suicídio
    Diversas atividades foram realizadas durante o Setembro Amarelo como forma de valorizar a vida e divulgar a rede de proteção e apoio contra o suicídio
  • Diversas atividades foram realizadas durante o Setembro Amarelo como forma de valorizar a vida e divulgar a rede de proteção e apoio contra o suicídio
    Diversas atividades foram realizadas durante o Setembro Amarelo como forma de valorizar a vida e divulgar a rede de proteção e apoio contra o suicídio
  • Diversas atividades foram realizadas durante o Setembro Amarelo como forma de valorizar a vida e divulgar a rede de proteção e apoio contra o suicídio
    Diversas atividades foram realizadas durante o Setembro Amarelo como forma de valorizar a vida e divulgar a rede de proteção e apoio contra o suicídio
  • Diversas atividades foram realizadas durante o Setembro Amarelo como forma de valorizar a vida e divulgar a rede de proteção e apoio contra o suicídio
    Diversas atividades foram realizadas durante o Setembro Amarelo como forma de valorizar a vida e divulgar a rede de proteção e apoio contra o suicídio
  • Diversas atividades foram realizadas durante o Setembro Amarelo como forma de valorizar a vida e divulgar a rede de proteção e apoio contra o suicídio
    Diversas atividades foram realizadas durante o Setembro Amarelo como forma de valorizar a vida e divulgar a rede de proteção e apoio contra o suicídio
  • Diversas atividades foram realizadas durante o Setembro Amarelo como forma de valorizar a vida e divulgar a rede de proteção e apoio contra o suicídio
    Diversas atividades foram realizadas durante o Setembro Amarelo como forma de valorizar a vida e divulgar a rede de proteção e apoio contra o suicídio
  • Diversas atividades foram realizadas durante o Setembro Amarelo como forma de valorizar a vida e divulgar a rede de proteção e apoio contra o suicídio
    Diversas atividades foram realizadas durante o Setembro Amarelo como forma de valorizar a vida e divulgar a rede de proteção e apoio contra o suicídio
  • Diversas atividades foram realizadas durante o Setembro Amarelo como forma de valorizar a vida e divulgar a rede de proteção e apoio contra o suicídio
    Diversas atividades foram realizadas durante o Setembro Amarelo como forma de valorizar a vida e divulgar a rede de proteção e apoio contra o suicídio
  • Diversas atividades foram realizadas durante o Setembro Amarelo como forma de valorizar a vida e divulgar a rede de proteção e apoio contra o suicídio
    Diversas atividades foram realizadas durante o Setembro Amarelo como forma de valorizar a vida e divulgar a rede de proteção e apoio contra o suicídio
  • Diversas atividades foram realizadas durante o Setembro Amarelo como forma de valorizar a vida e divulgar a rede de proteção e apoio contra o suicídio
    Diversas atividades foram realizadas durante o Setembro Amarelo como forma de valorizar a vida e divulgar a rede de proteção e apoio contra o suicídio

 

Um evento foi realizado na Praça Willy Barth nesta sexta-feira (29) para marcar o encerramento da campanha “Todos Pela Vida” durante a programação do Setembro Amarelo. A ação foi promovida pela Secretaria de Saúde, por meio do Departamento de Saúde Mental. Houve entrega de kits com sementes de girassol, Auriculoterapia, exposições de materiais de oficinas, entrega de materiais educativos, cantinho de diálogos e orientações gerais para a população. 

 

Várias atividades foram realizadas durante o mês com o objetivo de promover a prevenção e sensibilização da comunidade, além de colocar os serviços públicos à disposição, já que o suicídio é um problema de saúde pública. “Esse movimento é muito importante para que as pessoas que tenham algum sintoma compreendam que existem profissionais dispostos a ajudar elas a vencerem esse momento difícil. É dar o calor humano no momento em que mais precisam”, pontuou o prefeito em exercício, Ademar Dorfschmidt. 

 

Setembro Amarelo - Em Toledo foi realizado o 2º Simpósio da Campanha Todos Pela Vida com o tema “Conecte, compreenda e cuide”; foram realizadas ações de forma descentralizadas nas universidades (PUC-PR, Unioeste, UFPR, Biopark e Unipar); palestra sobre a temática foram ministradas de forma descentralizada nos centros de revitalização da terceira idade (Certi’s), nos centros da juventude (CJU’s), nos colégios estaduais, no Florir Toledo e no centros de referência de assistência social (CRAS); houve participação na roda de conversa do Grupo de Mulheres Empresárias da Associação Comercial e Industrial de Toledo (Acit); ações na Associação de Proteção e Assistência aos Condenados (APAC) e no Departamento Penitenciário (Depen), onde além do suicídio foi trabalhado assuntos sobre drogadição; entrevistas abordando o tema e divulgando a campanha, entre outras ações isolodas. 

 

Redução dos casos - “Temos vivenciado uma redução significativa do número de suicídios. O trabalho fundamental para a redução foi uma maior aproximação das equipes da Saúde Mental com a Atenção Primária (unidades de saúde) e com as equipes de urgência e emergência (UPA e PAM). A articulação dessas equipes tem dado muito certo. Quando existe um caso as equipes já se articulam para que haja um acompanhamento, desta forma, conseguimos intervir de forma mais rápida quando identificamos uma situação de risco”, explicou a diretora da Rede de Atenção à Saúde Mental, Leila de Fátima Machado. 

 

A Secretaria de Saúde apresentou os dados do 2º quadrimestre, onde apontam que já tivemos seis casos de suicídio em 2023. Porém, se comparar aos anos anteriores, percebe-se uma significativa diminuição na incidência. Em 2019 foram registrados 19 casos; em 2020, 17; em 2021 houve um crescimento para 27 casos; em 2022 o índice iniciou uma tendência de queda e fechou o ano com 16 casos. 

 

Se considerarmos apenas o segundo quadrimestre de 2023, os serviços de saúde mental bateram recorde de atendimentos. Foi o maior número de consultas especializadas nos serviços de saúde mental e o maior número de atendimentos em grupos e oficinas. “Isso mostra um momento de demanda, mas também de acesso à Rede de Atenção Psicossocial”, justifica Leila ao relacionar o recorde de atendimentos com a queda do número de casos de suicídio no município. 

 

Girassol - Uma das ações realizadas no centro de Toledo nesta sexta-feira (29) foi a entrega de 500 kits contendo uma porção de terra, sementes de girassol e uma plaquinha com um QRcode com o link para um vídeo que ensina como cultivar seu girassol. O vídeo foi elaborado pelos cursos de Agronomia e Psicologia da PUC-PR. A diretora explica que o objetivo é que as pessoas levem para suas casas a mensagem de reflexão sobre a data. “Ao cultivar o girassol, queremos que isso ajude também a dar continuidade na ação que realizamos e também na lembrança da mensagem que é estimular o cuidado com a saúde mental, desta forma nós prevenimos o suicídio”, frisa Leila. 

 

Ela pontua que a campanha encerra nesta sexta-feira, mas as ações continuam durante todo o ano nas unidades básicas de saúde, nos CAPS e no ambulatório de Saúde Mental.