Jardim Facchini recebe, a partir desta quinta (1º/2), mais um Ecoponto Itinerante

Publicado: Qua, 31/01/2024 16:46 | Modificado: Qui, 01/02/2024 16:54
  • Até sábado (3/2), agentes de combate a endemias vistoriarão imóveis e convidarão moradores a eliminarem objetos que podem servir de criadouro para o Aedes aegypti
    Até sábado (3/2), agentes de combate a endemias vistoriarão imóveis e convidarão moradores a eliminarem objetos que podem servir de criadouro para o Aedes aegypti
  • Até sábado (3/2), agentes de combate a endemias vistoriarão imóveis e convidarão moradores a eliminarem objetos que podem servir de criadouro para o Aedes aegypti
    Até sábado (3/2), agentes de combate a endemias vistoriarão imóveis e convidarão moradores a eliminarem objetos que podem servir de criadouro para o Aedes aegypti
  • Até sábado (3/2), agentes de combate a endemias vistoriarão imóveis e convidarão moradores a eliminarem objetos que podem servir de criadouro para o Aedes aegypti
    Até sábado (3/2), agentes de combate a endemias vistoriarão imóveis e convidarão moradores a eliminarem objetos que podem servir de criadouro para o Aedes aegypti
  • Até sábado (3/2), agentes de combate a endemias vistoriarão imóveis e convidarão moradores a eliminarem objetos que podem servir de criadouro para o Aedes aegypti
    Até sábado (3/2), agentes de combate a endemias vistoriarão imóveis e convidarão moradores a eliminarem objetos que podem servir de criadouro para o Aedes aegypti
  • Até sábado (3/2), agentes de combate a endemias vistoriarão imóveis e convidarão moradores a eliminarem objetos que podem servir de criadouro para o Aedes aegypti
    Até sábado (3/2), agentes de combate a endemias vistoriarão imóveis e convidarão moradores a eliminarem objetos que podem servir de criadouro para o Aedes aegypti

 

Entre quinta-feira e sexta (1º a 3/2), o Jardim Facchini será palco da segunda edição do Ecoponto Itinerante em 2024. Coordenada pelo Setor de Controle e Combate às Endemias (Secretaria de Saúde), que recebe apoio logístico das secretarias do Meio Ambiente e da Infraestrutura Rural e Urbana e de Serviços Públicos, a ação de prevenção à dengue abrangerá 55 quarteirões cujos imóveis receberão vistorias dos agentes de combate a endemias (ACEs), que orientarão os moradores sobre eliminar focos que já são ou podem servir de criadouro para o Aedes aegypti, mosquito transmissor da doença.

O Ecoponto Itinerante contemplará o perímetro formado pelas seguintes vias: Avenida Ministro Cirne Lima, Rua João Orestes Ruaro (até a Rua Luiz Henry Perin), Rua Albino Scariot, Rua Pindotiporã, Rua Fortunato Grisa, Avenida Roberto Facchini, Rua Antônio Pires de Oliveira, Rua Luiz Antônio Basso, Rua Albino Scariot e Rua José Ayres da Silva (considerando todos segmentos de ruas sem saídas nas transversais destas vias). A exemplo do que já ocorreu semana passada, somente objetos que podem acumular água serão recolhidos – resíduos volumosos, bem como entulhos de construção e galhos de árvore, não serão levados. 

No encerramento desta ação, voluntários representando órgãos públicos, entidades e empresas que fazem parte do Comitê Municipal Intersetorial de Combate à Dengue, Chikungunya e Zika Vírus de Toledo também contribuição com as ações do Ecoponto Itinerante no Jardim Fachini. Este grupo se reunirá sábado (3), às 8h, ao lado da Estratégia Saúde da Família (ESF) do Jardim Cosmos, na esquina das ruas Eugenio Gustavo Keller e Nayoro, e permanecerão mobilizados até às 12h.

 

Mãos à obra

O combate à dengue em Toledo não pode parar e, neste momento difícil, toda a ajuda é bem-vinda. Nesta terça-feira (30), participantes de atividades oferecidas pelo Centro da Juventude (CJU) Márcio Antônio Bombardelli se juntaram aos ACEs e realizaram vistorias em imóveis na região do Jardim Europa.

A exemplo do que foi feito com Integrantes dos clubes de serviços como Lions e Rotary, do Clube de Escoteiros Vicentino Incomar e de instituições de ensino na manhã desta terça-feira (30), o governo municipal está em constante diálogo com a sociedade civil organizada para ampliar o apoio às ações de combate à dengue em Toledo. Mais uma rodada de conversas está marcada para esta quinta-feira (1º/2), às 9h, no Auditório Acary Oliveira (anexo ao Paço Municipal Alcides Donin), com representantes da classe empresarial.

O objetivo da conversa é sensibilizar os presentes a respeito da gravidade dos problemas causados por esta doença, com reflexos até na atividade econômica. Na ocasião, integrantes do Setor de Controle e Combate a Endemias farão uma apresentação com dados epidemiológicos e da estratégia que está sendo adotada e cujo sucesso depende fundamentalmente do engajamento de toda a comunidade.