Saúde adota protocolo e amplia atendimento de pacientes com dengue

Publicado: Seg, 18/03/2024 16:41 | Modificado: Ter, 19/03/2024 17:34
  • Saúde adota protocolo e amplia atendimento em UBS’s e na Unidade Sentinela
    Saúde adota protocolo e amplia atendimento em UBS’s e na Unidade Sentinela
  • Saúde adota protocolo e amplia atendimento em UBS’s e na Unidade Sentinela
    Saúde adota protocolo e amplia atendimento em UBS’s e na Unidade Sentinela
  • Saúde adota protocolo e amplia atendimento em UBS’s e na Unidade Sentinela
    Saúde adota protocolo e amplia atendimento em UBS’s e na Unidade Sentinela
  • Saúde adota protocolo e amplia atendimento em UBS’s e na Unidade Sentinela
    Saúde adota protocolo e amplia atendimento em UBS’s e na Unidade Sentinela
  • Saúde adota protocolo e amplia atendimento em UBS’s e na Unidade Sentinela
    Saúde adota protocolo e amplia atendimento em UBS’s e na Unidade Sentinela

 

A Secretaria de Saúde tem desenvolvido diversas ações para diminuir o tempo de espera dos pacientes em virtude da epidemia de dengue. Entre as medidas estão a abertura da unidade sentinela, exclusiva para sintomáticos, a ampliação do horário das Unidades Básicas de Saúde dos Jardins Panorama, Cosmos e Concórdia até às 21h e também a implementação de protocolo para que os enfermeiros e enfermeiras da rede pública municipal possam atender casos suspeitos da doença.

Conforme a secretária de Saúde, Gabriela Kucharski, existe um esforço conjunto dos diversos setores da pasta para minimizar o impacto do aumento dos casos nas unidades de urgência e emergência. “Apesar de estarmos num momento com muita procura por conta da epidemia [de dengue], temos outras ocorrências e isso tem causado lotação dos nossos espaços para pacientes urgentes”, explicou. De acordo com dados oficiais, a média de atendimentos na última semana foi de 750 pacientes.

Ampliação dos atendimentos - A secretária de Saúde, Gabriela Kucharski, disse que existe a previsão de que a situação da dengue, segundo padrões epidemiológicos, permaneça por mais aproximadamente quatro semanas. Buscando um melhor atendimento dos sintomáticos foram adotadas medidas para ampliar a capacidade de absorver e assistir os pacientes de dengue. Uma delas foi a abertura da Unidade Sentinela aos sábados, das 7h às 19h. 

Outra iniciativa foi estender os horários em algumas UBS’s até às 21h. “Cosmos, Concórdia e Panorama são bairros onde observamos um movimento de alta nas notificações, por isso optamos pela ampliação do horário de atendimento”, explicou a diretora de Atenção Primária em Saúde, Tatiane Veiga Rodrigues, lembrando que a partir das 17h30 os atendimentos são apenas de pacientes com sintomas de dengue, sem os demais serviços da unidade básica, como curativos, vacinas e outros procedimentos. 

“Durante o dia, os sintomáticos de dengue serão acolhidos e encaixados junto às demais demandas da UBS ou, conforme a necessidade, encaminhados para a Unidade Sentinela, Unidade de Pronto Atendimento José Ivo Alves da Rocha (UPA/Vila Becker) ou Pronto Atendimento Municipal Doutor Jorge Nunes (PAM/Mini Hospital)”, comentou. 

Protocolo - Outra medida foi a atualização do Protocolo de Assistência de Enfermagem no Diagnóstico e Manejo da Dengue, que vem sendo utilizado desde 2019 e atualizado conforme orientações do Ministério da Saúde. A adoção desta norma está prevista na Lei do Exercício Profissional nº 7.498/86 e regulamentada pelo Decreto nº 94.406/87, onde ficou estabelecido que os enfermeiros podem realizar a consulta de enfermagem, prescrever e administrar medicamentos de acordo com protocolos pactuados e aprovados em programas de saúde pública. “Diante dessa possibilidade, que é assistida pelos Conselhos Regional e Federal de Enfermagem (COREN e COFEN), nós optamos pela adoção para quando os pacientes apresentarem quadros de Dengue A e B, reforçando para a população que todos os nossos profissionais estão atualizados nos manejos clínicos de dengue”, comentou Tatiane Rodrigues.