Toledo define data de inauguração de nova sede da Central de Especialidades

Publicado: Qui, 25/05/2023 16:27 | Modificado: Sex, 26/05/2023 17:00
  • Instalada em 1.371,5 metros quadrados, estrutura ao lado do Terminal da Grande Pioneiro será entregue de maneira oficial em 12 de junho (segunda-feira), às 9h30
    Instalada em 1.371,5 metros quadrados, estrutura ao lado do Terminal da Grande Pioneiro será entregue de maneira oficial em 12 de junho (segunda-feira), às 9h30
  • Instalada em 1.371,5 metros quadrados, estrutura ao lado do Terminal da Grande Pioneiro será entregue de maneira oficial em 12 de junho (segunda-feira), às 9h30
    Instalada em 1.371,5 metros quadrados, estrutura ao lado do Terminal da Grande Pioneiro será entregue de maneira oficial em 12 de junho (segunda-feira), às 9h30
  • Instalada em 1.371,5 metros quadrados, estrutura ao lado do Terminal da Grande Pioneiro será entregue de maneira oficial em 12 de junho (segunda-feira), às 9h30
    Instalada em 1.371,5 metros quadrados, estrutura ao lado do Terminal da Grande Pioneiro será entregue de maneira oficial em 12 de junho (segunda-feira), às 9h30
  • Instalada em 1.371,5 metros quadrados, estrutura ao lado do Terminal da Grande Pioneiro será entregue de maneira oficial em 12 de junho (segunda-feira), às 9h30
    Instalada em 1.371,5 metros quadrados, estrutura ao lado do Terminal da Grande Pioneiro será entregue de maneira oficial em 12 de junho (segunda-feira), às 9h30
  • Instalada em 1.371,5 metros quadrados, estrutura ao lado do Terminal da Grande Pioneiro será entregue de maneira oficial em 12 de junho (segunda-feira), às 9h30
    Instalada em 1.371,5 metros quadrados, estrutura ao lado do Terminal da Grande Pioneiro será entregue de maneira oficial em 12 de junho (segunda-feira), às 9h30

 

A inauguração da nova sede da Central de Especialidades Oswaldo Luiz Ricci já tem data para ser realizada. Mais ampla, moderna e confortável, a estrutura será oficialmente entregue à população de Toledo no próximo dia 12 (segunda-feira), às 9h30. A unidade permanecerá na Rua Tomás Gonzaga (saindo do número 1781 [na unidade de saúde da Vila Paulista] e indo para o 1326), e a equipe que trabalha atualmente em 589,39 metros quadrados passará a ter 1.371,50 metros quadrados à disposição, um crescimento de 132,7%. Situado em terreno com 2.183 metros quadrados, o imóvel está em local de fácil acesso, ao lado do Terminal Rodoviário da Grande Pioneiro.

A nova sede da Central de Especialidades terá um número maior de consultórios médicos, saindo de 10 para 18, além de mais espaço na recepção e nos setores operacionais e administrativos: setor de agendamentos e de atendimento ao público; sala administrativa de atendimento aos pacientes para cirurgias, exames de alta complexidade, entrega de passagens e pensão; salas de atendimento ao paciente no setor de serviço social; sala de enfermagem e de pré-consulta de enfermagem; consultório e sala de pequenas cirurgias; salas de exames de eletrocardiograma e ultrassonografia. “Esse incremento foi planejado a partir do aumento da demanda registrado nos últimos anos. Antes de irmos para a Unidade da Vila Paulista, estávamos em uma estrutura própria anexa ao PAM [Pronto Atendimento Municipal], que já não comportava mais os atendimentos. Uma nova sede também se fez necessária em função das parcerias que temos com a UFPR [Universidade Federal do Paraná], instituição cujos professores que são médicos especialistas vêm, acompanhados de seus alunos, prestar serviços em áreas como cardiologia, vascular, hematologia, urologia e neurologia”, explica a diretora da Rede de Atenção Especializada, da Secretaria de Saúde (SMS), Katheli Mayumi Hino do Nascimento. “Com mais espaço, nos abrimos também à possibilidade de recebermos estágios de outros cursos na área da saúde, de outras instituições de ensino superior. Essa nova estrutura garante a segurança para o Município contratar profissionais para atender em áreas em que a necessidade for constatada, pois estes terão condições estruturais para prestarem os seus serviços”, acrescenta.

Somando o que foi aplicado na aquisição de mobiliários (R$ 338.966,10) e de equipamentos do sistema de ar-condicionado (R$ 116.160,55), chega-se a um investimento total de R$ 455.126,55. No momento, o local já recebe o setor de agendamentos e de atendimento ao público (que funcionava de forma provisória no Centro Cultural Ondy Hélio Niederauer) e, em breve, todos os serviços da Central de Especialidades se concentrarão em um só lugar.

Até que a mudança dos serviços hoje na Paulista se efetue para a nova sede, o órgão ficará sem atender ao público a partir do dia 7 de junho. “Para minimizar os impactos à população, vamos realizar este processo durante o feriado prolongado de Corpus Christi e na segunda-feira, após a inauguração, vamos ficar abertos no período da tarde para informações e no dia seguinte retomamos os atendimentos normais”, explica Katheli.

 

Atendimentos

Atualmente, a Central de Especialidades Oswaldo Luiz Ricci oferece serviços em 21 áreas da Medicina. São elas: alergista pediátrico, anestesista, angiologista, cardiologista, médico cirurgião geral, dermatologista, endocrinologista, gastroenterologista, gastroenterologista pediátrica, hematologista, infectologista, neurologista, neuropediatra, oftalmologista, oncologia, ortopedista, otorrinolaringologista, pneumologista, pneumologista pediátrico, reumatologista e urologista. Por intermédio do Consórcio Intermunicipal de Saúde Costa Oeste do Paraná (Ciscopar), também viabiliza atendimentos em coloproctologia, nefrologia e nutrição. Além de consultas com médicos especialistas, exames de eletrocardiograma, ultrassonografia e pequenas cirurgias são realizados atendimentos aos pacientes pelas equipes de enfermagem, serviço social e pelas equipes administrativas, totalizando 65 servidores.

Dentre os consultórios novos, há um reservado para o futuro serviço de fonoaudiologia, onde haverá também uma sala de exames e sala de grupos. Também foram projetados três consultórios diferenciados, com área maior que os demais: um para a oftalmologia e a neurologia, outro para a otorrinolaringologia, além da sala de atendimentos de grupos.

Katheli observa que a nova sede consolida a identidade da Central de Especialidades. “Agora temos um lugar como referência, uma estrutura que não está mais anexa a outros departamentos, como vinha sendo desde 2006, quando o órgão foi criado. Com isso, a população passa a entender o que é e para que serve a Atenção Secundária, que oferece serviços que não são oferecidos na unidade de seu bairro ou distrito, que oferece o apoio diagnóstico, o tratamento especializado, uma instância que encaminha para procedimentos complexos, como cirurgias ou consultas em Curitiba”, analisa. “Vale lembrar que a atenção especializada é de financiamento dos governos estadual e federal; porém, Toledo, percebendo a carência que havia neste serviço, chamou para si parte desta missão e contribui com investimentos substanciais no setor para reduzir e, em alguns casos, até zerar as filas de espera por especialidades”.

 

Atenção básica

A nova central não representa um avanço importante só para a atenção especializada. Com a saída do órgão do atual endereço, Toledo passa a contar com mais um ponto de serviço de atenção básica em saúde.

Dessa forma, o espaço, inaugurado em 2018 com o objetivo de ser uma Unidade Saúde da Família (USF), poderá cumprir sua missão original, podendo oferecer em breve à comunidade do Jardim Paulista duas equipes de Estratégia Saúde da Família (ESF). “Com a Central de Especialidades atendendo na USF da Paulista, os pacientes que residem neste território estavam sendo atendidos nas unidades do Centro e do Maracanã. Em breve, o deslocamento até estas estruturas vai diminuir, ampliando o acesso desta população à atenção primária”, comenta a diretora da Rede de Atenção Primária à Saúde da SMS, Tatiane Veiga Rodrigues.