Toledo sedia VI Conferência Regional de Segurança Alimentar e Nutricional

Publicado: Sex, 25/08/2023 17:35
  • O tema deste ano é “Comida de Verdade, Democracia e Equidade: erradicar a fome e garantir direitos”
    O tema deste ano é “Comida de Verdade, Democracia e Equidade: erradicar a fome e garantir direitos”
  • O tema deste ano é “Comida de Verdade, Democracia e Equidade: erradicar a fome e garantir direitos”
    O tema deste ano é “Comida de Verdade, Democracia e Equidade: erradicar a fome e garantir direitos”
  • O tema deste ano é “Comida de Verdade, Democracia e Equidade: erradicar a fome e garantir direitos”
    O tema deste ano é “Comida de Verdade, Democracia e Equidade: erradicar a fome e garantir direitos”
  • O tema deste ano é “Comida de Verdade, Democracia e Equidade: erradicar a fome e garantir direitos”
    O tema deste ano é “Comida de Verdade, Democracia e Equidade: erradicar a fome e garantir direitos”
  • O tema deste ano é “Comida de Verdade, Democracia e Equidade: erradicar a fome e garantir direitos”
    O tema deste ano é “Comida de Verdade, Democracia e Equidade: erradicar a fome e garantir direitos”

 

O anfiteatro Moacir Galante do Colégio Estadual Castelo Branco (Premem) em Toledo recebeu nesta sexta-feira (25) os participantes da VI Conferência Regional de Segurança Alimentar e Nutricional. Representantes de 20 municípios da região participaram do evento, promovido pelo Conselho Regional de Segunda Alimentar e Nutricional (Coresan) com o apoio do Núcleo Regional da Secretaria de Agricultura e Abastecimento (Seab), da Prefeitura de Toledo e dos demais conselhos municipais.

 

O vice-prefeito de Toledo, Ademar Dorfschmidt, evidenciou as políticas públicas que Toledo realiza na área de segurança alimentar. “O trabalho que é feito em termos de segurança alimentar pela nossa Cozinha Social merece todo o nosso reconhecimento, pois temos a oportunidade de servir mais de 20 mil refeições por dia. Quando nós pensamos numa sociedade mais justa, mais harmônica, que quer ser desenvolvida, a gente precisa pensar realmente nas pessoas. E o município de Toledo tem feito isso”, frisou Ademar.

 

Dorfschmidt citou o cartão Mais Dignidade, que oportuniza às famílias beneficiadas a realizarem a compra do alimento de sua preferência na rede de mercados cadastrados do município. Lembrou da ampliação dos restaurantes populares e também comentou sobre o projeto do Banco de Alimentos, que logo será uma realidade. Aproveitou para fazer uma saudação aos presentes e desejar uma excelente conferência aos participantes. 

 

“Esse momento é muito importante, depois que nós passamos em todos os municípios da regional e conseguimos realizar as conferências municipais. Creio que todos aqui têm um compromisso com o direito humano à alimentação adequada, com a soberania alimentar, um compromisso em fazer políticas públicas garantidoras desse direito nos seus locais de trabalho. Que cada um possa se ver como agente público, seja governamental ou não, capaz de fazer transformações sociais e que traga melhorias, quem sabe para a região, para o estado e até para o nosso país. Nós vamos ter aqui a voz de vocês, e a voz de vocês pode ecoar na nossa conferência estadual e até na conferência nacional. Juntos podemos fazer a diferença”, discursou a integrante do Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (CONSEA), Jaciara Reis. 

 

Entre as autoridades presentes na abertura do evento estavam o Diretor da Seab, Paulo Salesse, do Núcleo Regional de Educação (NRE), José Carlos Pereira Guimarães, o presidente da Câmara de Toledo, Dudu Barbosa, o secretário de Educação de Marechal Cândido Rondon, Fernando Volpato. 

 

O promotor de Justiça de Toledo, José Roberto Moreira, abriu as apresentações técnicas com a fala sobre “Direito humano a uma alimentação adequada”. Foram realizadas discussões que envolvem desde a produção de alimentos até as questões de saúde relacionadas a esse alimento; a questão dos desperdícios, tanto no campo, quanto nas nossas casas; questões relacionadas à agricultura familiar e sua importância para garantir comida de qualidade na mesa. 

 

As propostas e moções serão encaminhadas para a Conferência Estadual e podem compor as propostas a serem debatidas na 6ª Conferência Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional, a ser realizada em Brasília (DF), no período de 11 a 14 de dezembro de 2023.