Administração municipal organiza Dia D de atendimento à população em situação de rua

Publicado: Seg, 27/11/2023 15:36 | Modificado: Ter, 28/11/2023 16:46
  • Administração municipal organiza Dia D de atendimento à população em situação de rua
    Administração municipal organiza Dia D de atendimento à população em situação de rua
  • Administração municipal organiza Dia D de atendimento à população em situação de rua
    Administração municipal organiza Dia D de atendimento à população em situação de rua
  • Administração municipal organiza Dia D de atendimento à população em situação de rua
    Administração municipal organiza Dia D de atendimento à população em situação de rua
  • Administração municipal organiza Dia D de atendimento à população em situação de rua
    Administração municipal organiza Dia D de atendimento à população em situação de rua

 

Com o intuito de ampliar a atuação do município junto às pessoas em situação de rua (PSR), a Prefeitura de Toledo, por meio de um trabalho intersetorial, vai promover diversas ações nas próximas semanas. Para apresentar um plano de ação, a Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS) realizou, na quinta-feira (23), uma reunião virtual para alinhar atividades previstas para o Dia D de atendimento a este público e também elencou trabalhos que acontecerão por meio do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS II). Esta é a segunda edição, a primeira ocorreu no mês de maio.

O Dia D vai acontecer no dia 6 de dezembro, das 7h às 12h, nas dependências do Ginásio de Esportes Alcides Pan, na Vila Industrial, e consiste na abordagem da social da população de rua, acolhimento e identificação de demandas, entrevista e atualização do Cadastro Único, concessão de vale refeição para acesso ao restaurante popular, benefício eventual de passagem, solicitação de segunda via da documentação civil, triagem e avaliação quanto às condições de saúde do usuário (atualização de vacinas, testes rápidos, encaminhamentos para serviços de odontologia, consultas e atendimento de saúde mental), encaminhamento de castração e vacinação de animais de estimação desta população, divulgação de vagas de trabalho e confecção de currículos. 

A secretária de Assistência Social, Solange dos Santos Fidelis, destacou o aumento significativo desse público em Toledo, reforçou que esse tipo de ação oferece vários serviços em um único espaço e os benefícios para às PSR e também para a população de forma geral. “Esse é um momento em que a gente propõe para dar maior agilidade na solução das demandas desta população e principalmente fortalecer os vínculos dessas pessoas. Também auxilia a população em situação de rua a compreender que eles são cidadãos e fortalecer seus direitos sociais. Esta é uma ação de estímulo ao exercício da cidadania”, disse Solange.

A realização do Dia D conta com o apoio das Secretarias de Assistência Social, de Saúde, de Desenvolvimento Humano, de Segurança e Mobilidade Urbana, do Meio Ambiente, de Esportes e Lazer, de Administração e de Secretaria de Desenvolvimento Econômico, além de forças de segurança e da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-PR)

Demais ações - Além do Dia D, considerando aumento de pessoas em situação de rua nos últimos anos, no mês de dezembro, serão intensificados os atendimentos a este público no município, sendo realizadas ações noturnas e também nos fins de semana. Essas ações ocorrem em parceria com a Secretaria de Segurança e Mobilidade Urbana, tendo como objetivo a busca ativa de usuários que ainda não acessam os serviços ofertados, identificando indivíduos, suas demandas e realizando as articulações e encaminhamentos necessários. Acontecerão ações nos dias 30 de novembro e 8, 13 e 22 de dezembro, a partir das 19h, em locais de referência desse público, como praças, parques, comércio e demais espaços públicos. Já nos dias 2 e 9 de dezembro, no período da tarde, serão realizadas busca ativa de crianças e adolescentes em situação de trabalho infantil.

Dados - Segundo informações da Secretaria de Assistência Social são mais de 300 atendimentos por mês. Em 2022, mais de 600 pessoas passaram pelo serviço, gerando mais de 3600 atendimentos no ano. Atualmente esse número já atinge mais de 4200 atendimentos. A diretora de Proteção Social Especial de Média Complexidade, Juliana Alves Máximo, explica que essa população é flutuante. Existe um público que permanece alguns dias no município e depois vai para outras localidades, mas também tem aqueles são munícipes e por situações de fragilidade ou rompimento de vínculo familiar ocasionado por dependência de álcool e outras drogas. “Neste momento, 89 PSR são acompanhadas pelo Serviço Especializado de Abordagem Social (SEAS)”, observou Juliana.