Assistência Social abriga moradores em situação de rua no Certi Pioneiro

Publicado: Sex, 14/07/2023 11:48 | Modificado: Seg, 17/07/2023 12:57
  • Em virtude das baixas temperaturas causadas pela massa de ar polar que está sobre o Centro-Sul do Brasil, medida foi tomada ontem (13) e segue nesta sexta-feira (14)
    Em virtude das baixas temperaturas causadas pela massa de ar polar que está sobre o Centro-Sul do Brasil, medida foi tomada ontem (13) e segue nesta sexta-feira (14)
  • Em virtude das baixas temperaturas causadas pela massa de ar polar que está sobre o Centro-Sul do Brasil, medida foi tomada ontem (13) e segue nesta sexta-feira (14)
    Em virtude das baixas temperaturas causadas pela massa de ar polar que está sobre o Centro-Sul do Brasil, medida foi tomada ontem (13) e segue nesta sexta-feira (14)
  • Em virtude das baixas temperaturas causadas pela massa de ar polar que está sobre o Centro-Sul do Brasil, medida foi tomada ontem (13) e segue nesta sexta-feira (14)
    Em virtude das baixas temperaturas causadas pela massa de ar polar que está sobre o Centro-Sul do Brasil, medida foi tomada ontem (13) e segue nesta sexta-feira (14)

 

A massa de ar polar que está sobre o Centro-Sul do Brasil fez as temperaturas despencarem e a equipe do Serviço Especializado de Abordagem Social da Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS) foi a campo para oferecer acolhimento à população em situação de rua de Toledo. A medida, de caráter emergencial, foi iniciada no fim da tarde de quinta-feira (13) e as pessoas que aceitaram o convite para serem encaminhadas ao alojamento provisório montado nas instalações do Centro de Revitalização da Terceira Idade (Certi) Doutor Wilson Carlos Kuhn, na Grande Pioneiro, tiveram acesso a dormitório, local para higienização, alimentação e roupas. 

O trabalho, acompanhado pelo Centro de Referência Especializado em Assistência Social (Creas II), é realizado por equipe especializada em Abordagem Social, foi iniciado em abril, com a entrega de 60 cobertores para a população em situação de rua – ação que contou com o apoio da Secretaria de Segurança e Mobilidade Urbana. Outras secretarias também dão suporte: de Saúde, de Políticas para Infância, Juventude, Mulher, Família e Desenvolvimento Humano, de Esportes e Lazer e do Meio Ambiente, que, por meio da Coordenação de Defesa e Proteção Animal de Toledo, cedeu casinhas e ração para os animais de estimação das pessoas acolhidas.

Esta mobilização voltará a ser realizada nesta sexta-feira (14) e permanecerá sempre que as temperaturas mínimas forem igual ou inferior a 6ºC. Na primeira noite, dez pessoas foram acolhidas, mas há condições de o Certi Pioneiro abrigar até 20. “Esta é a nossa capacidade para atendimento imediato. Porém, se a demanda passar disso, temos condições de ampliar”, assegura a diretora da Proteção Social Especial de Alta Complexidade da SMAS, Marília Borges Leite. 

A diretora observa que o alojamento no Certi Pioneiro é diferente de outros tipos de acolhimento promovidos pela Assistência Social. “Temos 58 pessoas em situação de rua cadastradas pela Assistência Social e realizamos um acompanhamento contínuo em que estamos atentos às demandas deste público. O que estamos fazendo nestas noites de frio intenso é uma ação de caráter emergencial, na qual a mobilização só ocorre em determinadas situações. Na Casa de Passagem, porém, existe um acolhimento institucional, onde oferecemos um atendimento mais amplo, com serviços que visam restabelecer a dignidade das pessoas abrigadas”, compara Marília.