Pagamento do cartão “Toledo é + Dignidade!” tem aumento de 53,85%

Publicado: Sex, 10/02/2023 15:47 | Modificado: Ter, 14/02/2023 17:13
  • Cerca de 1.400 famílias beneficiadas pelo programa passaram a receber R$ 200,00 neste mês; anteriormente, valor pago era de R$ 130,00
    Cerca de 1.400 famílias beneficiadas pelo programa passaram a receber R$ 200,00 neste mês; anteriormente, valor pago era de R$ 130,00
  • Cerca de 1.400 famílias beneficiadas pelo programa passaram a receber R$ 200,00 neste mês; anteriormente, valor pago era de R$ 130,00
    Cerca de 1.400 famílias beneficiadas pelo programa passaram a receber R$ 200,00 neste mês; anteriormente, valor pago era de R$ 130,00

 

As cerca de 1.400 famílias beneficiadas pelo “Toledo é + Dignidade!” tiveram uma grata surpresa nesta semana ao perceberem que o valor creditado no cartão do programa teve um aumento de 53,85%, passando de R$ 130,00 para R$ 200,00. O reajuste foi autorizado pela Lei nº 2.524/2022 e amplia o poder de compra de alimentos e itens de higiene e limpeza em estabelecimentos conveniados.

Desde outubro de 2021 os beneficiários, que se encontram em situação de vulnerabilidade social, não precisam mais se dirigir ao Centro de Referência de Assistência Social (Cras) de seu território para buscar uma cesta básica e agora têm liberdade de utilizar este recurso para comprar os produtos que mais necessitam. Estima-se que, no decorrer de 2023, o “Toledo é + Dignidade!” injetará mais de R$ 3 milhões na economia local.

A secretária de Assistência Social, Solange Silva dos Santos Fidelis, destaca o histórico de conquistas nesta área. “Quando assumimos a pasta, em 2021, estávamos contemplando 700 famílias e, ato contínuo, a gestão municipal autorizou dobrar este número em virtude do aumento da demanda ocasionado pela pandemia. Ainda em outubro daquele ano, iniciamos este programa com a distribuição de um cartão com crédito de 130 reais para aquisição de alimentos, valor cerca de 45% maior do que aquilo que era paga por cada cesta básica”, recorda. 

Solange recorda que, na época do lançamento do “Toledo é + Dignidade!”, já havia intenção de conceder um valor maior, o que não foi possível em virtude de limitações orçamentárias que agora foram superadas. “Da mesma maneira, também superamos um modelo arcaico por outro que promove dignidade, que dá liberdade de escolha aos beneficiários. É uma grata satisfação fazer parte de um governo que olhe para a população, que compreenda a realidade social, e que nos deu a oportunidade de operacionalizar um programa que impacta e transforma vidas”, observa.

O prefeito Beto Lunitti destaca a importância social e econômica do programa. “O ‘Toledo é + Dignidade!’ dá às famílias em situação de vulnerabilidade a possibilidade de escolherem os itens de que mais precisam, o que pode variar de um mês para o outro, ao contrário das cestas básicas, que sempre continham os mesmos itens. Isso sem falar que elas eram vendidas por empresas de fora e agora este dinheiro acaba ficando por aqui, fortalecendo nosso comércio”, compara. “Dentro das possibilidades orçamentárias, queremos aumentar, nos próximos anos, o número de pessoas beneficiadas por este programa”, comenta.