Lei que institui o Dia do Empreendedorismo Feminino é sancionada em Toledo

Publicado: Qui, 01/12/2022 14:17
  • O ato reuniu diversas lideranças, a maioria mulheres, no Auditório Acary de Oliveira
    O ato reuniu diversas lideranças, a maioria mulheres, no Auditório Acary de Oliveira
  • O ato reuniu diversas lideranças, a maioria mulheres, no Auditório Acary de Oliveira
    O ato reuniu diversas lideranças, a maioria mulheres, no Auditório Acary de Oliveira
  • O ato reuniu diversas lideranças, a maioria mulheres, no Auditório Acary de Oliveira
    O ato reuniu diversas lideranças, a maioria mulheres, no Auditório Acary de Oliveira
  • O ato reuniu diversas lideranças, a maioria mulheres, no Auditório Acary de Oliveira
    O ato reuniu diversas lideranças, a maioria mulheres, no Auditório Acary de Oliveira

 

Com o intuito de promover ações em prol da autonomia das mulheres, a Câmara de Vereadores aprovou e o Governo Municipal sancionou, na noite desta quarta-feira (30), a Lei Nº 2.522/2022 instituindo o Dia do Empreendedorismo Feminino. A data é celebrada internacionalmente desde 2014, quando a Organização das Nações Unidas (ONU) estabeleceu o dia 19 de novembro como o Dia do Empreendedorismo Feminino, em função da importância deste para a diminuição das desigualdades, a valorização da diversidade e a contribuição para a economia.

No âmbito municipal, a data será celebrada e constará no calendário oficial de eventos, tais como encontros, palestras, feiras, oficinas e demais ações para divulgar, fortalecer e incentivar as mulheres empreendedoras. O ato reuniu diversas lideranças, a maioria mulheres, no Auditório Acary de Oliveira.

Em Toledo, as mulheres representam 54% da população. O dado foi apresentado pela secretária de Políticas para a Infância, Juventude, Mulher, Família e Desenvolvimento Humano (SMDH), Jennifer Teixeira. “Somos uma força motriz da sociedade e um grupo capaz de transformar a vida de todo o mundo para melhor. Mas para isso, precisamos de empoderamento, conhecimento e principalmente a oportunidade”. Jennifer ainda agradeceu aos servidores e servidoras da SMDH que, segundo ela, não medem esforços para ofertar políticas públicas de qualidade, e também aos vereadores e vereadoras pelo entendimento e aprovação de leis essenciais, como a que foi sancionada na data, e a própria criação da SMDH, que permitiu o desenvolvimento de ações importantes como Programa Mulher Empreendedora

Uma das referências da nova regulamentação é a busca pela promoção da  liderança feminina e a visibilidade das mulheres que gerenciam negócios, algo que, conforme a presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Mulheres, Jeniffer Klein de Lima, não é novidade para Toledo. “Nós temos muita satisfação em estar aqui, porque tenho tido dias felizes ultimamente. Está comum nos reunirmos para celebrar avanços nas políticas públicas e na representatividade. A rede como um todo se une quando assunto são os direitos das mulheres”. Jeniffer destacou os atendimentos em todos os setores. “Gostaria de agradecer ao prefeito e reconhecer publicamente que sua gestão cumpre o papel de humanizar o atendimento às mulheres”, destacou.

O Legislativo Municipal esteve representado pela vereadora Olinda Fiorentin, pela suplente Eliane Bombardelli, pela assessora da vereadora Marly Zanette, Ivanete de Almeida Dal Castel, e pelo vereador Marcelo Marques, na ocasião designado para representar o presidente da Câmara, Leoclides Bisognin. “Nós, mulheres, precisamos ocupar nossos espaços em todos os sentidos. Não queremos ser mais, apenas sermos iguais. A nossa intenção é ter independência. Agradeço ao vereador Marcelo pelo projeto, por ter nos convidado a fazer parte dele e por ter cedido a fala para nós vereadoras. Também agradeço ao prefeito Beto Lunitti por sempre permitir nosso protagonismo”, disse Olinda. “Foi um prazer fazer parte e estar aqui marcando presença neste evento e demonstrando nosso papel na sociedade”, completou Eliane.

A data também visa contribuir com a quebra de barreiras sociais e preconceitos, bem como incentivar a criação de políticas públicas para o fortalecimento do empreendedorismo feminino. “As mulheres têm se preparado para ocupar seus espaços na sociedade, temos nos qualificado cada vez mais para isso. A média de estudos das mulheres já é maior que a dos homens. Ainda temos um grande caminho a percorrer, o papel da mulher na política precisa ser ainda mais debatido e consolidado, pois ainda é um ambiente muito hostil a nós. Por isso são importantes momentos como esse”, comentou a presidente da Associação Comercial e Empresarial de Toledo (ACIT), Anaide Holzbach de Araújo. 

O prefeito Beto Lunitti disse que, a partir de cada território, é possível tornar-se protagonista em políticas, como esta de apoio ao empreendedorismo feminino, oportunizando espaços para discussão de questões pertinentes para a criação e desenvolvimento de seus negócios, compartilhando alternativas, ideias e oportunidades. Lunitti ainda reforçou a presença de duas mulheres líderes em suas áreas - a presidente da ACIT, Anaide Holzbach de Araújo, e a presidente da Associação Regional de Suinocultores do Oeste do Paraná (Assuinoeste), Geni Bamberg. “Na ACIT já aconteceu em outros momentos, mas na Assuinoeste, a Geni, que nos honra hoje com sua presença, é uma desbravadora e merece todo o respeito pela maestria que tem conduzido um setor tão importante da nossa economia”. Beto ainda lembrou a forte presença de mulheres na gestão municipal e a confiança no trabalho e sensibilidade de todas.

Após a cerimônia e a assinatura, as presentes puderam acompanhar a palestra “Empreendedorismo Feminino: Conquistas e Desafios”, com a consultora de imagem, Roberta Pasqualatto, de Assis Chateaubriand.