Com estruturas renovadas, 2023 da Cultura foi repleto de conquistas históricas

Publicado: Sáb, 13/01/2024 11:06 | Modificado: Ter, 16/01/2024 17:21
  • Inauguração das revitalizações do Centro Cultural Oscar Silva e do Museu Histórico Willy Barth são algumas das muitas realizações da pasta no ano recém-encerrado
    Inauguração das revitalizações do Centro Cultural Oscar Silva e do Museu Histórico Willy Barth são algumas das muitas realizações da pasta no ano recém-encerrado
  • Inauguração das revitalizações do Centro Cultural Oscar Silva e do Museu Histórico Willy Barth são algumas das muitas realizações da pasta no ano recém-encerrado
    Inauguração das revitalizações do Centro Cultural Oscar Silva e do Museu Histórico Willy Barth são algumas das muitas realizações da pasta no ano recém-encerrado
  • Inauguração das revitalizações do Centro Cultural Oscar Silva e do Museu Histórico Willy Barth são algumas das muitas realizações da pasta no ano recém-encerrado
    Inauguração das revitalizações do Centro Cultural Oscar Silva e do Museu Histórico Willy Barth são algumas das muitas realizações da pasta no ano recém-encerrado
  • Inauguração das revitalizações do Centro Cultural Oscar Silva e do Museu Histórico Willy Barth são algumas das muitas realizações da pasta no ano recém-encerrado
    Inauguração das revitalizações do Centro Cultural Oscar Silva e do Museu Histórico Willy Barth são algumas das muitas realizações da pasta no ano recém-encerrado
  • Inauguração das revitalizações do Centro Cultural Oscar Silva e do Museu Histórico Willy Barth são algumas das muitas realizações da pasta no ano recém-encerrado
    Inauguração das revitalizações do Centro Cultural Oscar Silva e do Museu Histórico Willy Barth são algumas das muitas realizações da pasta no ano recém-encerrado
  • Inauguração das revitalizações do Centro Cultural Oscar Silva e do Museu Histórico Willy Barth são algumas das muitas realizações da pasta no ano recém-encerrado
    Inauguração das revitalizações do Centro Cultural Oscar Silva e do Museu Histórico Willy Barth são algumas das muitas realizações da pasta no ano recém-encerrado
  • Inauguração das revitalizações do Centro Cultural Oscar Silva e do Museu Histórico Willy Barth são algumas das muitas realizações da pasta no ano recém-encerrado
    Inauguração das revitalizações do Centro Cultural Oscar Silva e do Museu Histórico Willy Barth são algumas das muitas realizações da pasta no ano recém-encerrado
  • Inauguração das revitalizações do Centro Cultural Oscar Silva e do Museu Histórico Willy Barth são algumas das muitas realizações da pasta no ano recém-encerrado
    Inauguração das revitalizações do Centro Cultural Oscar Silva e do Museu Histórico Willy Barth são algumas das muitas realizações da pasta no ano recém-encerrado
  • Inauguração das revitalizações do Centro Cultural Oscar Silva e do Museu Histórico Willy Barth são algumas das muitas realizações da pasta no ano recém-encerrado
    Inauguração das revitalizações do Centro Cultural Oscar Silva e do Museu Histórico Willy Barth são algumas das muitas realizações da pasta no ano recém-encerrado
  • Inauguração das revitalizações do Centro Cultural Oscar Silva e do Museu Histórico Willy Barth são algumas das muitas realizações da pasta no ano recém-encerrado
    Inauguração das revitalizações do Centro Cultural Oscar Silva e do Museu Histórico Willy Barth são algumas das muitas realizações da pasta no ano recém-encerrado
  • Inauguração das revitalizações do Centro Cultural Oscar Silva e do Museu Histórico Willy Barth são algumas das muitas realizações da pasta no ano recém-encerrado
    Inauguração das revitalizações do Centro Cultural Oscar Silva e do Museu Histórico Willy Barth são algumas das muitas realizações da pasta no ano recém-encerrado
  • Inauguração das revitalizações do Centro Cultural Oscar Silva e do Museu Histórico Willy Barth são algumas das muitas realizações da pasta no ano recém-encerrado
    Inauguração das revitalizações do Centro Cultural Oscar Silva e do Museu Histórico Willy Barth são algumas das muitas realizações da pasta no ano recém-encerrado
  • Inauguração das revitalizações do Centro Cultural Oscar Silva e do Museu Histórico Willy Barth são algumas das muitas realizações da pasta no ano recém-encerrado
    Inauguração das revitalizações do Centro Cultural Oscar Silva e do Museu Histórico Willy Barth são algumas das muitas realizações da pasta no ano recém-encerrado
  • Inauguração das revitalizações do Centro Cultural Oscar Silva e do Museu Histórico Willy Barth são algumas das muitas realizações da pasta no ano recém-encerrado
    Inauguração das revitalizações do Centro Cultural Oscar Silva e do Museu Histórico Willy Barth são algumas das muitas realizações da pasta no ano recém-encerrado
  • Inauguração das revitalizações do Centro Cultural Oscar Silva e do Museu Histórico Willy Barth são algumas das muitas realizações da pasta no ano recém-encerrado
    Inauguração das revitalizações do Centro Cultural Oscar Silva e do Museu Histórico Willy Barth são algumas das muitas realizações da pasta no ano recém-encerrado

 

O ano de 2023 entrará para a História da Cultura de Toledo, com a secretaria municipal responsável pelo assunto à frente de inúmeras conquistas. Com o orçamento de R$ 9.317.985,82 (R$ 7.569.538,49) à disposição, a pasta tornou realidade anseios antigos da comunidade artística e do público em geral que consome bens culturais.

São os casos das inaugurações, ambas em agosto, das revitalizações realizadas no Centro Cultural Oscar Silva (investimento de R$ 2.777.623,81 no local onde funciona a Biblioteca Pública Municipal) e no Museu Histórico Willy Barth (R$ 923.316,73 destinados para os reparos). No âmbito das contratações, a Cultura também destinou R$ 31 mil para a instalação de um sistema de prevenção de incêndios na Casa da Cultura, R$ 105 mil na aquisição de um veículo utilitário e mais R$ 536 mil serão destinados à cobertura da pista de skate do Centro de Esportes e Artes Unificados (CEU das Artes), projeto que está em fase de licitação e promete ser uma das grandes entregas da Cultura em 2024.

 

Atendimentos

O sucesso das ações da Secretaria da Cultura pode ser medido também pelas atividades cotidianas nos espaços gerenciados pela pasta. A Biblioteca Pública Municipal, por exemplo, recebeu, em 2023, 19.363 leitores (dos quais 2.336 fizeram cadastro no ano passado) e realizou 11.725 empréstimos de livros.

Por sua vez, o CEU das Artes ofereceu 14 cursos que atenderam 300 alunos, promoveu 21 eventos que reuniram um total de 2.631 espectadores e ainda realizou atividades culturais (sessão de cinema, utilização do telecentro, estúdio musical, exposições e utilização do espaço interno de modo geral) que, juntas atraíram 21.361 pessoas.

Entre agosto e dezembro, o Museu Willy Barth recebeu 5.290 pessoas. Destas, 2.362 fizeram visitas monitoradas, 655 foram prestigiar as exposições que o espaço abriga e 2.273 foram de crianças que vieram com seus colegas de escola.

O Centro Cultural Ondy Hélio Niederauer conta com dois cursos que tiveram 170 alunos matriculados, 90 no de violão e 80 no de capoeira. O espaço também recebeu duas oficinas temáticas, das quais participaram 44 alunos, e um evento artístico.

A Casa da Cultura ofereceu 17 cursos para 900 alunos matriculados em 249 turmas distribuídas nos períodos matutino, vespertino e noturno. Além disso, o espaço recebeu cinco eventos artísticos (público total de 1.164 espectadores), uma oficina temática (65 participantes), quatro projetos (Amigos da Canção, Musicalização Re-Criare Down, Técnica vocal Re-Criare Down e Musicalização de autistas, nos quais 27 pessoas foram atendidas) e uma exposição contínua. Ao todo, 21.852 pessoas foram atendidas pelo espaço no ano passado.

O Teatro Municipal de Toledo foi palco, em 2023, de 63 eventos que reuniram um total aproximado de 92 mil espectadores, sendo 65 mil em ações artísticas e 27 mil em atividades não artísticas. 

 

Projetos

Os projetos são também uma importante expressão da vivacidade da Secretaria da Cultural que é revelada no dia a dia. Entre maio e novembro, o Conta Cultura passou por 10 Centros Municipais de Educação Infantil (Cmeis), atendendo 5.716 crianças.

Iniciado em 2022, o Teatro nas Escolas consolidou-se no ano passado, passando por todas as 36 escolas da rede municipal de ensino. Ao todo, 9.601 alunos matriculados nos 3º, 4º e 5º anos assistiram às peças oferecidas pelo projeto.

Este também foi o público-alvo do Música nas Escolas, que, entre junho e novembro, proporcionou shows com músicos da Casa da Cultura a 9.086 estudantes de seis escolas.

Público expressivo também acompanhou as nove edições ocorridas do História em Prosa em 2023. Os vídeos, publicados na página do Museu Histórico Willy Barth no Facebook, tiveram audiência total de 2.250 views.

 

Eventos

Números expressivos também foram aferidos nos 13 eventos promovidos pela Secretaria da Cultura no ano passado. Ao todo, 36.114 pessoas prestigiaram 2.126 artistas, a maioria de talentos de Toledo e região.

O vasto calendário de eventos que fazem Toledo ser a Capital da Cultura no Oeste do Paraná teve início em março, com o 34º Encontro dos Pioneiros, do qual 1.000 pessoas participaram. Em abril, 6.254 pessoas assistiram às apresentações do Festival de Teatro de Toledo 2023, que contou com a participação de 35 artistas de oito grupos regionais que foram contratados via chamamento público.

Entre o fim de maio e começo de junho foi realizado o 19º Encontro Municipal de Corais Professor Darcysio Fritsch, evento assistido por 800 pessoas que se emocionaram com os números apresentados por 500 artistas de 12 corais toledanos. Emoção também não falou alguns dias antes no 14º Festival da Música Gospel/Interpretação e Composição, que reuniu, em três noites, 1.590 espectadores que aplaudiram as apresentações de 40 participantes.

Em julho, a Orquestra Sinfônica do Paraná, composta por 40 artistas, fez um concerto no Teatro Municipal, que ficou completamente lotado (1.000 pessoas presentes). Neste mesmo mês houve a 46ª edição do Festival de Inverno de Toledo (Festin) – que contou com a participação de 60 artistas que atraiu, em quatro noites de evento, um público de 1.130 pessoas ao Teatro Municipal – e o 2º Arraiá do CEU das Artes, que ofereceu cultura e entretenimento a 200 pessoas, que prestigiaram apresentações de dez artistas.

Em agosto, o 8º Toledo em Dança proporcionou belos espetáculos em que 700 artistas foram, em três noites de evento, prestigiados e aplaudidos por 2.500 pessoas. Além disso, 300 alunos tiveram acesso a 14 oficinas voltadas a diversos estilos desta expressão artística.

Entre 18 e 24 de setembro, a 14ª Semana Farroupilha de Toledo atraiu 7.000 pessoas ao Centro de Eventos Ismael Sperafico. Destas, cerca de 3.000 são alunos da rede municipal de ensino, que conheceram um pouco mais da cultura tradicionalista em visitas ao evento. O público em geral pôde prestigiar a apresentação de seis bandas e de invernadas do Centro de Tradições Gaúchas (CTGs), um total de 230 artistas. 

Em outubro, o município foi palco da 2ª Festa Literária de Toledo, que proporcionou, a 5.000 pessoas, 42 atividades – entre oficinas e palestras com 13 escritores, e contação de histórias a 3.000 alunos da rede municipal. Em novembro, 4.000 pessoas prestigiaram os shows de 41 bandas (cerca de 150 artistas) que subiram ao palco do 2º Tooledo Rock Festival.

Neste mês também foi celebrado o 24º aniversário do Teatro Municipal, data marcada pela apresentação do espetáculo “As Três Marias”, assistido por 500 pessoas. Alguns dias depois, de 28/11 a 1/12, o Recital dos Alunos da Secretaria da Cultura foi prestigiado por 340 pessoas.

Para encerrar o ano, na primeira quinzena de dezembro, a 12ª Virada Cultural de Toledo reuniu cerca de 5.000 pessoas para atividades comandadas por 300 artistas que comandaram 32 apresentações contratadas via chamamento público.

 

Lei Paulo Gustavo

Para a classe artística de Toledo e de todo o Brasil o ano de 2023 ficará marcado pela consolidação do acesso aos recursos da Lei Complementar (LC) nº 195/2022, popularmente chamada de “Lei Paulo Gustavo” (LPG). Na soma dos três editais (dois de fomento e um de premiação), 94 proponentes (30 individuais e 64 coletivos) foram contemplados com um total de R$ 1,130 milhão, que será distribuído a 320 artistas.

O pagamento será feito até o fim de janeiro (um dos primeiros municípios do Brasil a fazer isso) e a execução de atividades e projetos deve ocorrer até 2025. Entre as atividades viabilizadas pela LPG estão oficinas de artesanato (com dois meses de duração) no Ceu das Artes, no Centro Cultural Ondy Hélio Niederauer e nos Centros de Revitalização da Terceira Idade (Certis) Coopagro e Pioneiro; de desenho (3 meses) no Ondy Hélio Niederauer, no Museu Histórico Willy Barth e no Colégio Estadual Ayrton Senna; e de literatura (duas tardes) no Colégio Estadual Senador Attílio Fontana e Jardim Europa.

 

Balanço

A secretária da Cultura, Rosselane Giordani, avalia que 2023 foi um ano de consolidação e fortalecimento das políticas públicas desenvolvidas pela Secretaria da Cultura. “É um processo amplo, que vai da formação artística, como os cursos oferecidos pelo CEU das Artes e a Casa da Cultura, a programas que  têm o objetivo de  despertar o gosto estético e a sensibilidade artística nas crianças, como o Teatro nas Escolas e o Música nas Escolas, bem como o Conta Cultura nos Cmeis – projetos que possuem transversalidade com a política pública em Educação”, pontua.

Rosselane celebra a concretização de importantes obras para a cultura toledana e o sucesso nos eventos promovidos pela pasta que lidera. “Tratados como prioridades pela atual gestão, as reformas do Museu Histórico Willy Barth e do Centro Cultural Oscar Silva e os resultados destes investimentos já podem ser vistos, com aumento do interesse do público em frequentar estes espaços. Os eventos promovidos pela Secretaria da Cultura, alguns dos quais com artistas contratados via chamamento público, representam fomento importante para os talentos locais, que também foram beneficiados pelos editais da Lei Paulo Gustavo. Da parte burocrática à execução das atividades, temos uma equipe que trabalha com o interesse de democratizar e descentralizar o acesso da população à Cultura”, salienta a secretária.