jose.seide 25 de Fevereiro de 2022 at 15:20h

Job: Sala do Empreendedor de Toledo terá assistente virtual dedicado a MEIs

A Sala do Empreendedor de Toledo, que funciona no térreo do Paço Municipal Alcides Donin, está fechada para o público nesta sexta-feira (25). Mas é por um bom motivo: os servidores do órgão estão participando de uma capacitação online para aprenderem a operar o assistente virtual Job, plataforma que agilizará o atendimento a microempreendedores individuais (MEIs).

 

A tecnologia passará por testes nos próximos dias e começa a ser oferecida entre a segunda quinzena de março e o começo de abril. Desenvolvida no formato chat box, a plataforma oferecerá, via WhatsApp, respostas automáticas para as principais demandas que os MEIs costumam apresentar quando procuram a Sala do Empreendedor.

 

A coordenadora da Sala do Empreendedor, Fernanda Moreira, destaca que a Job facilitará a vida dos MEIs de Toledo. “O microempreendedor individual que precisar de um dos nossos serviços pode, na maioria das vezes, ter acesso a eles sem precisar sair de casa ou de sua empresa, sem precisar de fila. Caso aquilo que ele procura não estiver disponível na plataforma, ele pode escolher a opção ‘desejo falar com o atendente’ e conversar diretamente com um dos nossos servidores. Se a situação não for solucionada, aí sim vamos agendar um atendimento presencial”, detalha. “Dessa forma, vamos diminuir as filas que se formam em alguns períodos do ano e sobretudo valorizar o tempo das pessoas que compõem nosso público-alvo”, pontua.

 

Segundo a coordenadora, Toledo é o terceiro município do estado e o primeiro do Oeste do Paraná a utilizar a tecnologia que foi contratada mediante parceria firmada com o Serviço Brasileiro de Apoio à Micro e Pequena Empresa (Sebrae/PR). “A Job já está em funcionamento em Campo Mourão e Goioerê, cidades de menor porte que a nossa. Aqui temos 10.500 CNPJs [Cadastros Nacionais de Pessoas Jurídicas] ativos cadastrados como MEI, o que representa mais da metade das empresas que existem em nosso território”, observa Fernanda.