20 de Dezembro de 2016 at 17:06h

Prefeitura assina convênio inédito no país com Garantioeste

Na quinta-feira (15), o Prefeito de Toledo Beto Lunitti, acompanhado da coordenação da Sala do Empreendedor, assinou um convênio inédito no país entre o Governo Municipal e a Sociedade Garantidora de Crédito (Garantioeste). A ação aconteceu na Sala de Reuniões da Prefeitura. Toledo foi o primeiro município do Estado a aplicar recursos no fundo e permitiu R$ 625 mil em garantias (cinco vezes mais).

E com o convênio assinado, a operação para que o empresário receba a carta de aval garantindo a obtenção de créditos deverá acontecer dentro do prédio da Prefeitura. O modelo pioneiro adotado por Toledo resultou no auxílio a 47 empresas toledanas. Segundo o Gestor Administrativo da Garantioeste, Marco Rothe, esse momento representa um grande passo.  

“É um marco para o empreendedorismo de Toledo, estamos possibilitando novas opções de crédito. Atualmente a Sala do Empreendedor atende somente operações via Fomento Paraná, que são linhas de microcrédito. A opção de ter a Garantioeste aqui dentro da Sala do Empreendedor faz com que aumente o leque de produtos e serviços prestados para as micro e pequenas empresas”, destacou.

O empresário que tem dificuldades de encontrar um avalista poderá fazer uso desse serviço na hora de buscar subsídios para ampliar seus negócios. “É um projeto para beneficiar estes grupos que necessitam de crédito, pois eles não têm garantias junto ao mercado financeiro. Eles têm capacidade, tem um bom projeto, tem potencial, porém falta este incentivo para colocar tudo em prática. A Garantioeste auxilia na obtenção deste crédito”, explicou Rothe.

O prefeito Beto Lunitti reforçou a importância do convênio firmado. “A partir de agora o empresário que pretende empreender dentro do nosso município terá uma garantidora de crédito dentro da Sala do Empreendedor para avalizar e oportunizar a efetivação de seus projetos. Com isso centralizamos e melhoramos os atendimentos para aqueles que contribuem com o sucesso econômico de Toledo”, frisa Lunitti.

A servidora municipal Karoline Hoffmann explica como irá funcionar a função do agente de crédito da Garantioeste dentro da Sala do Empreendedor. “As pessoas vão me procurar e eu vou fazer o serviço de orientação sobre a carta e as linhas de crédito disponíveis. Vou fazer o cadastramento e a documentação. Feito isso, encaminho para a Garantioeste. Eles farão a análise e aprovação, então repasso a resposta para os empresários”, detalhou.

A Garantioeste garante o aval de 80% do recurso aportado pela operação de crédito. O valor mínimo da operação é R$ 4 mil e valor máximo é de R$ 112.500 mil para os micro e pequenos empreendedores.